//
você está lendo...
Borracha, Memória

Arquivo – Perfis (4)

Carreira

Atanagildo de Deus Matos chegou agora, aos 51 anos, à chefia do Centro Nacional de Desenvolvimento Sustentado das Populações Tradicionais, integrado à estrutura do Ibama (Instituto Nacional do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis), em Brasília. Em 30 anos de vida pública, “Gatão”, como é mais conhecido, tornou-se um fenômeno.

Deu grandeza nacional ao sindicato rural de um município menor, Oeiras do Pará. Sem nunca haver sangrado uma árvore, assumiu a presidência do Conselho Nacional dos Seringueiros. Circulou pelo país todo e o exterior. Alçou-se (ou foi alçado) ao nível de um Chico Mendes. E agora está pulando do galho da sociedade civil para o do Estado, com aprovação geral.

De uma outra perspectiva, carreira parecida entre os paraenses, só mesmo a do geofísico José Seixas Lourenço.

(Fevereiro 2001)

Discussão

Nenhum comentário ainda.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: