//
você está lendo...
Cultura

Raridades do Dudu

Fato inusitado: a Livraria Econômica, mais conhecida como o “sebo” de Eduardo Failache, o “Dudu”, na travessa Campos Sales 142, publicava, em 1945, anúncio de venda de livros raros. Oferecia todos os livros de viagens de Henry Coudreau; As regiões amazônicas, do Barão de Marajó; O muyrakitan e os ídolos simbólicos, de Barbosa Rodrigues; As aves amazônicas, de Emílio Goeldi; Dicionário da língua portuguesa e tupi, de Lacerda, e Carta do Baixo Amazonas, de Paul Le Cointe. Tudo papa fina.

Discussão

Nenhum comentário ainda.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: