//
você está lendo...
Governo, Justiça

Arquive-se

O promotor de justiça Aldo de Oliveira Brandão Saife, titular do 6o cargo da Promotoria de Defesa do Patrimônio Público e da Moralidade Administrativa arquivou a “notícia de fato” com pedido de providencias envolvendo a Fundação Cultural do Pará.

A notícia se referia a “ possíveis irregularidades que vem ocorrendo no órgão desde 2019, tais como indicações políticas do Deputado Igor Normando, primo do atual Governo do Estado, inclusive de parentes, para os principais cargo do órgão, como Presidências, Direções e Coordenações, bem como realização de PSS para contratação de funcionários temporários e a realização de 147 pagamentos, no período de 20/07 a 07/12/2020, a pessoas físicas, referentes a ações de qualificação em arte e ofício, sendo que não houve nenhum tipo de divulgação das ações”.

Nada é acrescentado sobre a fundamentação do arquivamento.

Discussão

Nenhum comentário ainda.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: