//
você está lendo...
Cidades, Memória

Memória – Batalha de confete

No carnaval de 1956, a seção de divulgação e turismo da prefeitura de Belém avisava “ao povo em geral e aos diretores dos conjuntos carnavalescos inscritos no concurso oficial do Bosque Rodrigues Alves, que deliberou, por motivo da completa ornamentação da Praça da República, adiar para 1º de fevereiro vindouro a batalha de confete”, que estava programada para a noite de 31 de janeiro. Estimulava as escolas de samba e os foliões a estarem “a postos” para participar dessa “monumental batalha de confetes”, que teria a “cooperação” do Grande Hotel, o melhor da cidade.

Discussão

Nenhum comentário ainda.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: