//
você está lendo...
Educação, Governo

Emergência da Seduc

A secretaria de Educação do Estado gastará 2,1 milhões de reais, durante os próximos seis meses, com o transporte escolar de alunos matriculados na rede estadual de ensino no município de Maracanã, com a média de R$ 354 mil reais por mês.

A despesa com a condução dos alunos residentes na zona rural, em assentamentos e/ou em acampamentos, quando realizada por meio de estradas pavimentadas e não pavimentadas e vicinais, será de mais de 275 mil reais por mês (R$ 275.536,80), totalizando mais de R$ 1,6 milhão (R$ 1.653.220,80). Se o transporte escolar for fluvial, o custo mensal será de quase R$ 80 mil (R$ 79.104,96), e no global o valor será de quase R$ 475 mil (R$ 474.629,76).

A empresa Moraes de Lima Transportes e Serviços, som sede em Igarapé-Açu será a prestadora do serviço. Ela foi contratada com dispensa de licitação porque o transporte foi considerado emergencial. Os extratos dos dois contratos foram publicados em uma edição extra do Diário Oficial, que circulou na sexta-feira passada, praticamente apenas para abrigar os dois documentos.

O início do contrato foi marcado exatamente para o dia 29, com vigência até 27 de abril do próximo ano.

Qual a emergência?

Discussão

Nenhum comentário ainda.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: