//
você está lendo...
Economia, Minério, Multinacionais, Ouro

A importância da mineração

O Brasil é o 7º maior produtor e exportador de combustível do mundo e o 2º maior produtor e consumidor de biocombustíveis. É também o 2º maior produtor global de minério de ferro, destacou o secretário de Geologia, Mineração e Transformação Mineral do Ministério de Minas e Energia, Pedro Paulo Dias Mesquita, durante o seminário “Perspectivas de investimentos no setor de mineração brasileiro”, promovido pelo Comitê de Mineração da Câmara Britânica de Comércio e Indústria no Brasil.

Ele reforçou a ênfase lembrando que existe a previsão de investimento no setor de mineração entre  2021 e 2025, de 41 bilhões de dólares (quase 240 bilhões de reais).

Mike Hodgson, executivo da Serabi Gold, que atua na extração de ouro em Itaituba, no Pará, disse que a exploração realizada pela companhia “poderia ser facilitada com maior investimento em infraestrutura, pavimentação de rodovias e outras melhorias nos acessos”.

Hodgson esclareceu que a Serabi Gold tem suas atividades na região do Tapajós há 15 anos. “Isso mostra todo nosso comprometimento com investidores e com essa parte do Brasil. Geramos emprego e renda diretamente para mais de 600 pessoas e, mesmo com uma produção pequena, é muito significante para as pessoas daquela região, uma parte do Brasil com pouco desenvolvimento e pouco explorada, mas é uma grande área para se fazer negócios”, afirmou.

Para ele, existe pouca competitividade no local, mesmo se tratando de uma área que produziu, nos últimos 40 anos, mais de 30 milhões de onças de ouro (cerca de 850 toneladas), de forma artesanal. “É uma região do Brasil com um grande potencial de exploração do ponto de vista social e sustentável”, disse.

O chefe de políticas internacionais e relações governamentais com o Reino Unido da Anglo American, Jonathan Dunn, destacou a importância em trabalhar em parceria para o fomento da cadeia de mineração. Para ele, temas como sustentabilidade e segurança em todas as questões, além das práticas ambientais, sociais e de governança (ESG), devem estar na ponta dos negócios. “Reconhecemos a importância da mineração para o progresso, mas também sabemos que temos que evoluir nas práticas da mineração para garantir benefícios para toda a sociedade”, ressaltou.

O CEO da Serabi Gold, por sua vez, destacou que a empresa tem o interesse em contribuir com as discussões para a produção de energia limpa nos locais de pior acesso na região norte do Brasil, especialmente na transmissão dessa energia, já que a região é rica o suficiente para a geração.

Este blog publicou matéria na semana passada informando que a Serabi estava examinando a possibilidade de suspender suas atividades em Itaituba, com base no relatório da empresa no seu balanço anual e na manifestação do auditor independente das demonstrações econômicas e financeiras. A empresa negou a informação, mas não apontou os erros que o blog teria cometido.

Discussão

Nenhum comentário ainda.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: