//
você está lendo...
Esporte, Imprensa, Indústria, Memória

Memória – Façanha do GuaraSuco

O mirífico e almejado “Sul” do Brasil ficava muito longe do Norte. Mas o futebol compensava os esforços de aproximação. O refrigerante GuaraSuco (que estava em todas) patrocinou, em 1962, a formação da “maior cadeia radiofônica” paraense.

As adversárias Rádio Marajoara e Rádio Clube, mais a Rádio Educadora de Bragança, se uniram para levar Edyr Proença e Luiz Brandão até o estádio do Pacaembu, em São Paulo. Iriam transmitir o jogo de futebol entre as seleções do Brasil e de Portugal, comandando uma equipe com os “melhores locutores, comentaristas, repórteres e técnicos da Amazônia”. Graças ao “refrigerante da família paraense”, que não existe mais. O refrigerante.

Discussão

Nenhum comentário ainda.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: