//
você está lendo...
Memória

Memória – Vassourada no clube

A aristocrática Assembleia Paraense foi atropelada pela decisão do então presidente Jânio Quadros, em pleno ímpeto moralizador, de cancelar todas as rifas e sorteios no território nacional. O clube teve que sustar a venda de bilhetes do sorteio de um apartamento no prédio onde instalou sua sede social, na avenida Presidente Vargas. Num comunicado, a AP anunciava que estava elaborando “o esquema de devolução das importâncias correspondentes aos bilhetes vendidos, na hipótese de ser confirmada oficialmente aquela deliberação”.
Foi-o.

Discussão

Nenhum comentário ainda.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: