//
você está lendo...
Polícia, Violência

Uma semana do assassinato da criança

Hoje, completa a primeira semana da localização do corpo de Júlio Henrique Miranda da Silva, de 5 anos, assassinado um dia antes por três menores (de 9, 11 e 13 anos), na Vila Capistrano de Abreu, a 130 quilômetros de Marabá. A criança morreu afogada nas águas de uma represa.

Seu corpo tinha sinais de espancamento, com os braços amarrados para trás, e estava nu. Os apreendidos confessaram o crime, mas negaram haver abusado da vítima, apesar dos indícios. A violência teria começado por desentendimento quando os quatro jogavam peteca (bola de gude).

Cleudiante de Brito Clementino, moradora da vila, postou no blog de um jornal local: “Essa criança [a mais velha provavelmente] já tem um histórico de ter abusado de uma outra criança aqui na vila Capistrano de Abreu em 2018, não é a primeira vez q ele faz isso não e os pais sabem. E outra, ele tem um irmão q matou e abusou de uma criança aqui na vila Santa fé, nas proximidades da vila comunidade, isso não pode ficar impune, eles confessaram a crueldade q fizeram com a criança e todos sabem aqui na vila Capistrano de Abreu tem q matar esses monstros”.

A polícia ainda não apresentou os resultados da investigação. A imprensa parece ter-se desinteressado pelo caso. Mais uma tragédia humana para os arquivos?

Discussão

2 comentários sobre “Uma semana do assassinato da criança

  1. Amigo qual é o seu e-mail para entrarmos em contato para vc realizar uma palestra em um evento cultural

    Curtir

    Publicado por clubamigodolivro | 24 de março de 2022, 16:23

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: