//
você está lendo...
Corrupção, Pesca, Política

Pescadores em águas turvas

Há mais de 60 mil falsos pescadores no Pará, recendo indevidamente, há muitos anos, o seguro-desemprego (de um salário mínimo) durante os períodos de defeso, quando não podem pescar para não prejudicar a reprodução do pescado? Esta é a principal questão que se pode deduzir da matéria de duas páginas publicada pelo Diário do Pará na sua edição de hoje.

A reportagem destaca a atuação nociva de Amaurivaldo Cardoso Barra, irmão do deputado federal Éder Mauro, um dos alvos da Operação Tarrafa, da Polícia Federal. Incluído na investigação, ele foi afastado pela justiça federal do cargo de chefia que ocupava na superintendência do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento. Foi montada no MAPA local a maior das estruturas espalhadas por 11 Estados, responsável por 38% das fraudes, que teriam causado o desvio de 1,5 bilhão de reais através de 436 mil registros falsos de pescadores em um quarto dos municípios brasileiros.

A PF enquadrou os integrantes da quadrilha nos crimes de estelionato, participação em organização criminosa, falsificação de documento público, uso de documento falso, inserção de dados falsos em sistemas de informação, corrupção passiva e corrupção. O irmão do deputado teria sido, segundo o jornal, o 5º mais atuante elemento da organização criminosa e o 4º no ranking paraense.

Centrada em Éder Mauro, inimigo político dos Barbalho, a matéria precisa ser complementada por uma abordagem mais objetiva dos prejuízos causados e a identificação dos falsos pescadores, muitos dos quais – segundo a lenda, pelo menos – só viam peixe na hora em que ele chegava em pratos para ser consumido.

Discussão

5 comentários sobre “Pescadores em águas turvas

  1. Lembre-se que se não fosse o palco midiático-policial que os Barbalhos deram na RBA pro Éder Mauro enquanto era aquele delegado que adorava aparecer, ele não estaria onde está hoje. Agora, o deputado-delegado tá cuspindo no prato em que comeu.

    Curtir

    Publicado por igor | 27 de março de 2022, 16:19
  2. Jogaram a tarrafa e pegaram um peixe graudo.Eder Mauro com a pavara!

    Curtir

    Publicado por Leandro Borges | 27 de março de 2022, 18:23
  3. Jogaram a tarrafa e pegaram um peixe grande. Tudo em família, fala Eder Mauro!

    Curtir

    Publicado por Leandro Borges | 27 de março de 2022, 19:01
  4. Éder Mauro, sempre rápido em atacar seus adversários, parece agora que comeu abiu.

    Curtir

    Publicado por ricardoconduru | 27 de março de 2022, 21:04

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: