//
você está lendo...
Polícia, tráfico de drogas

Cadê?

A polícia tem prendido diariamente traficantes de drogas agindo em todo Estado, inclusive em Belém. Em geral, com um dinheirinho e gramas de entorpecentes. Quase sempre, revendedores de varejo periférico. Não há mais grandes vendedores? Nem fornecedores? È tudo desorganizado, anárquico, disperso e atomizado? Só o pobre cheira, fuma, se droga? Cadê as quadrilhas de outrora?
Produto da épica vitória sobre o crime, tão comemorada pelo mundo oficial?

Discussão

4 comentários sobre “Cadê?

  1. Continuamos a apostar numa política cuja eficácia vai do nada ao quase nada e NÃO MELHOROU a segurança pública, além de ser uma coisa importada dos Estados Unidos, grandes proponentes da Guerra às Drogas e maiores consumidores de narcóticos do mundo, política essa adotada pelo então presidente Nixon em 1970 pra combater os movimentos hippie, de direitos civis e outros que questionavam a Guerra do Vietnã (na qual muitos soldados americanos tiveram acesso a narcóticos). Como não podiam prender pelo ativismo, prendiam pelo uso das drogas.

    Afinal, quanto custa pra manter na cadeia alguém pego com uma grama de maconha? Quanto se gasta pro Ministério Público e pro Judiciário processá-lo e condená-lo, respectivamente? Quantas pessoas foram enterradas por causa dessa maldita guerra as drogas? Quantos pais perderam filhos por causa disso?

    Quem morre é o policial, é o preto, é o pobre, é o favelado, é quem não tem nem o ensino fundamental completo (esses quatro últimos é que lotam o falido Complexo Industrial-Prisional Brasileiro, além de servirem de exército de reserva para o PCC, Comando Vermelho e outras organizações criminosas que dominam as cadeias medievais desse país). E quem é o maior beneficiário disso são os Pablos Escobares da vida, que controlam o comércio de narcóticos, bem como os agentes públicos (principalmente policiais e políticos) que recebem propina dessa barões da droga. Além do mais, essa maldita guerra também contribui para o surgimento de milícias e grupos de extermínio. A gente vê muito mais gente morrendo por causa da guerra contra as drogas do que por usar drogas. Ou seja, essa guerra afeta muito mais a vida e a saúde das pessoas do que as próprias drogas. Já um playboy rico usuário de cocaína dificilmente passará por isso, pois tem bons advogados pra salvá-lo, coisa que os pretos, pobres, periféricos, favelados e prostituas não têm.

    Parece que não aprendemos com o exemplo da malfadada Lei Seca nos Estados Unidos dos anos 1920-30, a qual proibiu a venda de bebidas alcoólicas, mas foi um fracasso retumbante, pois só fez aumentar o consumo delas e crescer o crime organizado, dando origem a figuras como Al Capone, motivos que causaram a revogação da malfadada lei em 1933 por Roosevelt, então presidente dos EUA nessa época.

    Curtir

    Publicado por igor | 9 de abril de 2022, 11:36
  2. Parabéns ao Igor e ao Lùcio. O meu endosso aos escritos de vocês é completo.

    Curtir

    Publicado por Rafael Araújo | 10 de abril de 2022, 12:24
  3. Essa reportagem de alguns dias atrás leva ou deveria levar a alguma reflexão.
    https://www.google.com/amp/s/dol.com.br/noticias/para/703001/iniciante-do-trafico-se-desespera-ao-ser-preso-em-icoaraci%3f_=amp

    Curtir

    Publicado por Rafael Araújo | 10 de abril de 2022, 13:29

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: