//
você está lendo...
Governo, Justiça, Polícia, Política

A longa lista de padrinhos

Na sua única manifestação sobre a Operação QI da Polícia Federal e do Ministério Público Federal, o governo informou que os 11 servidores de cargos comissionados visados pelos mandados de busca e apreensão autorizados pelo Superior Tribunal de Justiça foram nomeados para a administração estadual entre 1993 e 2015. Por enquanto, a investigação só vai até janeiro de 2019, no início do atual governo, com base no conteúdo do celular do ex-chefe da Casa Civil, Parsifal Pontes.

Mas se for seguir a informação do governo, terá que investigar também os governos de Almir Gabriel (já falecido) e Simão Jatene, ambos do PSDB (o primeiro durante oito anos; o segundo, 12 anos) e Ana Júlia Carepa. Quantos desembargadores terão indicado apadrinhados para serem admitidos nesse período pelo executivo estadual?

Discussão

8 comentários sobre “A longa lista de padrinhos

  1. Reza a lenda que Pero Vaz de Caminha teria pedido um emprego para um genro em sua famosa carta ao rei de Portugal dando conta da descoberta de novas terras quando na verdade pedia o fim do banimento do referido parente,faz-me lembrar da frase final do filme O homem que matou o facínora.”Quando a lenda supera o fato,publique-se a lenda”.Parece aplicar-se perfeitamente no caso.

    Curtir

    Publicado por wilton Almeida | 8 de agosto de 2022, 21:19
  2. Ofitópique:

    Segundo o Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais – INPE, no primeiro semestre de 2022 a Amazônia quebrou seu próprio recorde de desmatamento: foram aproximadamente 4,0 mil quilômetros quadrados. O maior, desde 2016, quando essa série histórica foi iniciada. Durante o governo Bolsonaro, o Ministério do Meio Ambiente deixou caducar, por falta de cobrança, R$ 355,0 millhões em autos de infração.

    Aí o Joaquim Leite, ministro do Meio Ambiente (?), concedeu aos burocratas do seu gabinete e da secretaria executiva do órgão, uma GRATIFICAÇÃO DE DESEMPENHO DE ATIVIDADE DE ESPECIALISTA AMBIENTAL.

    O motivo do pagamento da gratificação? Segundo o ministro, o Ibama “atingiu 100% das metas institucionais globais”.

    Entenderam

    Curtir

    Publicado por Elias | 9 de agosto de 2022, 08:05
  3. Deveria ter aparecido um ponto de interrogação no “Entenderam?”

    Meu teclado está ignorando alguns toques e replicando outros. É só acelerar um pouquinho o ritmo, que essa pouca vergonha aparece.

    Curtir

    Publicado por Elias | 9 de agosto de 2022, 08:10
  4. “Para conseguir ajudar o parente, o escrivão da frota entregou ao rei a primeira peça de propaganda do Brasil e promoveu o primeiro “marketing institucional” precursor dos patrocínios do Banpará.” (Lúcio Flávio Pinto)

    “E pois que Snõr he çerto que asy neeste careguo que leuo como em outª qualquer coussa que de vosso seruiço for uosa alteza ha de seer de my[m] mujto bem seruida./ aela peço que por me fazer simgular merçee mãde vijr dajlha de sam thomee jorge dosoiro meu jenrro. o que dela rreceberey em mujta merçee. / beijo as maãos de vosa alteza. /
    deste porto seguro da vosa jlha de vera cruz oje sesta feira primº dia demayo de 1500.” (Pero Vaz de Caminha)

    Em 1º de maio de 1.500 foi, assim, lançada a pedra fundamental da mais antiga instituição brasileira: o pistolão, vulgarmente conhecido como QI.

    Jorge, casado com a filha de Pero Vaz de Caminha (Isabel, se não me falha a memória), estava preso por assalto à mão armada. Era ladrão! Nada mais emblemático, em se tratando do primeiro beneficiário de pistolão, desta terra infeliz.

    Curtir

    Publicado por Elias | 9 de agosto de 2022, 08:44
    • Somos o que somos porque todo o processo de colonização (voltado mais para a exploração e sucção de nossas riquezas do que pelo povoamento) por parte de Portugal e Espanha no continente americano, além de ser violento e feito a custa de muito sangue indígena, foi feito a custa de muita roubalheira e sacanagem. Deveríamos refletir sobre isso na data do bicentenário da Independência, pois ela não acabou com o velho sistema colonial, pelo contrario, só fez aprimorá-lo.

      Curtir

      Publicado por igor | 9 de agosto de 2022, 10:31
  5. Também se incluem entre 1993 e 2015 os governos do Jader e do seu vice em 1994, Carlos Santos .

    Curtir

    Publicado por igor | 9 de agosto de 2022, 13:24

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: