//
Arquivos

Ciência

Esta categoria contém 35 posts

Vanzolini: fala o bwana paulista

(Publicado no Jornal Pessoal 251, de janeiro de 2001) Paulo Emílio Vanzolini merece respeito não apenas pelos seus 76 anos. Também por ser um dos mais importantes zoólogos do Brasil, além de compositor de música popular e poeta. E por quase meio século de interesse, dedicação e produção científicas, sobretudo na Amazônia. Tem que ser … Continuar lendo

Arquivo JP (54)

Tempo presente e futuro do Museu Emílio Goeldi   (Jornal Pessoal 245, outubro de 2000) Quando o Museu Paraense Emílio Goeldi completou seu primeiro centenário, em outubro de 1966, eu estava lá, cobrindo como repórter o Simpósio Internacional sobre a Biota Amazônica, concebido para marcar a data. Na semana passada eu também estava presente à … Continuar lendo

Arquivo JP (53)

O distante futuro   (Jornal Pessoal 245, outubro de 2000) Se é crescente o número dos paraenses preocupados com a possibilidade de o seu Estado natal estar perdendo o bonde do futuro, uma estatística reforça essa má impressão. O Pará está em 22º lugar entre os 27 Estados da federação brasileira conectados à Internet, o … Continuar lendo

Onde está a pedrinha?

Desde o incêndio no Museu Nacional do Rio de Janeiro, quase três semanas atrás, cada novo dia é angustiante e opressivo para Maria Elizabeth Zucolotto. Ela é a responsável pela coleção de 400 meteoritos da instituição. O Bendegó, o maior e mais volumoso deles, com cinco toneladas de ferro e níquel, popularizou a sua fama … Continuar lendo

Arquivo JP (45)

Estar no mundo   (JP 243, setembro de 2000) Foi no Museu da Ciência de Barcelona, na Espanha, cinco anos atrás, que eu vi a melhor exposição sobre a Amazônia. Os pontos altos foram uma enorme árvore transplantada viva da região para ocupar o centro de exposições e uma maquete computadorizada simulando todo o ciclo … Continuar lendo

Ásia cresce. E nós?

Reproduzo a parte principal do texto do blog do Fundo Monetário Internacional sobre temas econômicos da América Latina , citado pelo leitor José Silva. A globalização acelerou a difusão de conhecimento e tecnologia através das fronteiras. Isso ajudou a aumentar a produtividade e o crescimento potencial em muitos países e em escala mundial. O avanço … Continuar lendo

O futuro do jaborandi

A extração predatória da folha de jaborandi já levou à extinção de mais de 50% da população da planta no Pará, Maranhão e Piauí. Para preservar a espécie, conhecê-la em profundidade e melhorar as técnicas do seu aproveitamento, o Instituto Tecnológico Vale, com sede em Belém, realiza pesquisa para selecionar o DNA da planta, preservando … Continuar lendo

A justiça e a intolerância

O biólogo americano Richard Carl Vogt trabalha há 19 anos no Instituto Nacional de Pesquisa da Amazônia, o Inpa, com sede em Manaus. Há 18 anos é bolsista do CNPq, o Conselho Nacional de Pesquisas, no grau mais alto da carreira. Funcionário admitido por concurso, ele é um dos maiores especialistas nos estudos sobre tartarugas … Continuar lendo

Ciência: go home

Nos últimos seis anos, o Brasil aplicou um bilhão de dólares (em torno de 3,8 bilhões de reais) no controle das atividades que agridem o meio ambiente. É um orçamento relativamente pequeno diante dos problemas ecológicos no país. Seus resultados se reduzem ainda mais porque o governo tem aceitado diminuir as exigências da legislação ambientalista … Continuar lendo

A utopia amazônida

O Dicionário Houaiss, o mais erudito da língua portuguesa, abriga 15 verbetes relativos à Amazônia, de Amazon (o primeiro) a amazonólogo (o último). Nenhum outro dicionário se lhe equipara nesse quesito. É dos raros que registra o vocábulo amazônida, mas relacionando-o à sua origem etimológica e à lenda das amazonas, as imaginárias mulheres guerreiras que … Continuar lendo