//
Arquivos

Ecologia

Esta categoria contém 134 posts

O Cupari é o alvo

O complexo hidrelétrico do braço leste e do braço oeste do rio Cupari vai ser o tema da audiência pública que a Semas fará no dia 26, em Rurópolis. Trata-se realmente de um complexo, formado por dois empreendimentos distintos, projetados para os dois braços do rio. São, portanto, duas realidades distintas. No entanto, elas formam … Continuar lendo

Lixão: réus ausentes?

O Ministério Público do Estado do Pará ajuizou a quarta ação contra as empresas que operam o aterro sanitário de Marituba. A promotora Marcela Christine Ferreira de Mello denunciou quatro empresas e 10 pessoas por má administração do tratamento dos resíduos no local. Com base em denúncia anterior, o MP estadual e a polícia civil … Continuar lendo

O medo de decidir

A Secretaria de Meio Ambiente e Sustentabilidade do Estado dificulta o licenciamento de projetos “por falha técnica ou falta de coragem”. A afirmativa é de outro secretário de Estado, Kléber Menezes, titular dos Transportes, feita durante reunião do Conselho Temático de Infraestrutura da Federação das Indústrias do Pará, segundo nota publicada no Diário do Pará. … Continuar lendo

Coema: a quem representa?

Bernard Torres contrui com um texto de análise sobre a composição do Conselho Estadual do Meio Ambiente para reativar o debate sobre o Coema, importante e desconhecido, com objetivos relevantes, mas omisso sobre as graves questões da sua jurisdição. Como muito bem sabemos, na política que permeia nosso país, quem é do governo, vota conforme … Continuar lendo

A sociedade no meio ambiente

São estes os representantes da sociedade civil e do poder público no Conselho Estadual do Meio Ambiente. Os representados têm o dever de acompanhar a sua atuação e de condicionar a delegação de poder ao cumprimento do dever de defender a sociedade de atos que agridam a natureza no Pará. É uma composição paritária: 13 … Continuar lendo

A localização do aterro em Marituba “é criminosa”

O escritor André Nunes, dono de um restaurante ecológico em Marituba, o Terra do Meio, e um dos mais ativos opositores do aterro sanitário instalado no município, enviou sua manifestação a propósito do artigo de Aurélio Picanço, aqui publicado. Transcrevo-o, na íntegra. Neste momento em que escrevo, distante mais de um quilometro do “lixão de … Continuar lendo

Lixão de Marituba: Semas é cúmplice dos crimes?

Se a Guamá cometeu crimes ambientais no aterro sanitário de Marituba, a Secretara de Meio Ambiente e Sustentabilidade do Pará é cúmplice. Em nota enviada ao blog (só agora publicada, em função da sua desativação pelos últimos dias), a empresa do grupo Revita diz que tudo que fez foi com autorização da Semas. E que … Continuar lendo

O lixo e a informação

A Guamá Tratamento de Resíduos distribuiu ontem uma nota para informar que apresentou aos técnicos da Secretaria de Estado de Meio Ambiente e Sustentabilidade, dentro do prazo legal, o plano para tratamento emergencial do chorume atualmente estocado nas lagoas do aterro sanitário de Marituba. “O plano prevê estratégias dotadas de toda a segurança necessária e … Continuar lendo

Busca pela verdade

Os participantes de um seminário sobre resíduos sólidos realizado em Belém , sob a coordenação da Funasa (órgão do Ministério da Saúde), no mês passado, fizeram visitas técnicas ao aterro sanitário de Marituba, atestando “o alto padrão de excelência do aterro em todos os seus aspectos”, conforme garante a Guamá Tratamento de Resíduos, em nota … Continuar lendo

Por baixo do lixo, o lixo

A multinacional Revita, através de subsidiárias, opera vários aterros espalhados pelo Brasil. Todos eles funcionam normalmente, conforme as regras do Plano Nacional de Resíduos Sólidos, que entrou em vigor em 2010 para acabar com os lixões a céu aberto, como o do Aurá, em Ananindeua, que atendia a região metropolitana de Belém. Mas em Marituba, … Continuar lendo