//
Arquivos

Economia

Esta categoria contém 400 posts

Vale é “reprivatizada”

Vinte anos atrás, em 1997, a Companhia Vale do Rio Doce deixou de ser estatal. Seu controle acionário foi vendido a um consórcio que se formou pela associação de fundos federais de pensão, à frente o Previ (dos funcionários do Banco do Brasil, o maior de todos) com o Bradesco, a japonesa Mitsui e uma … Continuar lendo

A história na chapa quente (231)

A polêmica do porto e suas circunstâncias (Artigo publicado no Jornal Pessoal 313, de dezembro de 2003) A ideia de um superporto no local mais avançado do litoral paraense, na ponta da Romana (e não mais, conforme a última versão, na ponta da Tijoca) deixou de ser uma ideia para se transformar num projeto. Já … Continuar lendo

Altamira: campeã da violência

Em 2015, Altamira era o município mais violento do Brasil, com uma taxa de homicídio calculada em 107 pontos, quase 10 a mais do que Lauro de Freitas, na Bahia, que ficou em segundo lugar, segundo o Atlas da Violência de 2017, divulgado hoje. Altamira era o município com a menor população (105 mil habitantes) … Continuar lendo

Estranha batalha

Entre 25 e 30 pistoleiros receberam a bala, na manhã de ontem, uma expedição de 26 homens das polícias civil e militar que iriam prender quatro acusados de homicídios e realizar atos de busca e apreensão autorizados pela justiça estadual. Os pistoleiros dispunham de pelo menos 11 armas de grosso calibre, sendo um fuzil 763 … Continuar lendo

A roubalheira no BNDES

Já é consenso que o BNDES é uma das principais – se não o principal – de enriquecimento de empresários que se especializaram em pagar propinas para roubar o governo. Na parte do depoimento que concedeu à Procuradoria Geral da República, em 7 de abril, o empresário Joesley Batista conta como conseguiu 13 bilhões de … Continuar lendo

A raiz da roubalheira

Em dezembro de 2016, os bancos brasileiros emprestaram 1,5 trilhão de reais cobrando juro médio de 52,0% ao ano. Nessa mesma data, os bancos estatais (principalmente Banco do Brasil, BNDES e Caixa) emprestaram o mesmo volume de dinheiro, ou R$ 1,5 trilhão, com juro médio de 10,7% ao ano. A bruta diferença foi paga pelo … Continuar lendo

Em boa hora

Na sexta-feira passada, dia 12, a Polícia Federal conduziu Wesley Batista para depor sobre denúncia de que a empresa da qual ele é um dos donos fora beneficiada com aportes irregulares da BNDESPar, subsidiária do BNDES. Outro mandado judicial era para a condução coercitiva do irmão dele e principal executivo da corporação. Mas  Joesley estava … Continuar lendo

China: mais perto

A Ferrogrão, ferrovia ligando Sinop, um centro produtor de grãos no norte de Mato Grosso, até o porto de Miritituba, em Itaituba, no Pará, será um dos 30 projetos prioritários do fundo binacional China-Brasil. O fundo será lançado no dia 30 e começará a funcionar no dia seguinte. Financiará empreendimentos no Brasil, principalmente de infraestrutura, … Continuar lendo

A história na chapa quente (128)

Um bilhão ilegal saiu de Belém em 5 anos (Artigo publicado no Jornal Pessoal 306, de agosto de 2003) Um bilhão de reais pode ter sido remetido ilegalmente de Belém para o exterior ou foi sonegado ao imposto de renda, em operações ilegais de compra e venda de dólares em casas de câmbio da capital … Continuar lendo

Coincidência

A Polícia Federal foi à rua, ontem, executando a Operação Bullish, que investiga possíveis fraudes e irregularidades em financiamentos concedidos pelo BNDES ao grupo JBS, um dos maiores processadores de proteína animal do mundo, com três mandados de condução coercitiva concedidos pela justiça federal de Brasília.   Cumpriu um mandado, levando para depor um dos … Continuar lendo