//
Arquivos

Economia

Esta categoria contém 630 posts

Onde a saída?

No ano passado, de cada 100 reais que o poder público (União, Estados e Municípios) recolheu em impostos, quase R$ 51 foram usados para pagar o pessoal consolidado. A soma da folha foi de R$ 1,129 trilhão, equivalendo a 13,35% do PIB, num crescimento real de 23,82%. Já o peso da carga tributária sobre a … Continuar lendo

Uma ajuda à Oi

Os analistas de mercado registraram forte oscilação dos papéis da Oi nos últimos dias. A volatilidade das ações poderia ter como causa a ação de especuladores na bolsa de valores. A movimentação teve como combustível a aprovação pelo Senado, em regime de urgência, no dia 11,  do  Projeto de Lei Complementar 79/2016, destinado a beneficiar … Continuar lendo

O Banpará e o Japão

O Banco do Estado do Pará vai aplicar 100 mil reais no apoio financeiro à realização da 32ª Semana do Japão – 90 Anos Da Imigração Japonesa na Amazônia, com base na inexigibilidade de licitação. O ato foi publicado hoje, sem esclarecer qual será a forma de apoio (doação? Financiamento? Publicidade?), Não sei se saiu … Continuar lendo

Jatene x Barbalho

Para uma fonte ligada ao ex-governador Simão Jatene, ficou claro pra mim que a entrevista dada na semana passada pelo secretário da Fazenda ao Diário do Pará teve dois objetivos claros: 1- Vacina para o próximo ano, caso o Pará caia pra letra C no cadastro da Receita Federal, perdendo a possibilidade de usar a … Continuar lendo

Belém pouco planeja

Manaus foi a capital estadual que, no ano passado, demonstrou a maior fragilidade no controle de suas despesas orçamentárias. Por isso, 6,2% do sua despesa total foram usados para pagar despesas que não foram previamente inscritas, oriundas de exercícios anteriores, que ocorreram, mas sem registro e sem a utilização do orçamento à época. A capital … Continuar lendo

O peso da burocracia

O servidor público estadual mais caro do Brasil, evidentemente, é o de Brasília, o QG da burocracia nacional, das maiores, proporcionalmente, do planeta. Cada morador do Distrito Federal tem que entregar pouco mais de 5 mil reais para manter cada funcionário, numa despesa que chegou a 15 bilhões de reais no ano passado, segundo os … Continuar lendo

Ameaças à economia

O economista Marcos Lisboa, presidente do Insper (Instituto de Ensino e Pesquisa, de São Paulo), participou do primeiro governo Lula como secretário de Política Econômica. Levou fogo amigo ao criticar os rumos da gestão Dilma, e anteviu a crise que se seguiria. Em entrevista à revista Istoé, ele agora alerta sobre o fato de que … Continuar lendo

Fantasia extorsiva

Os Estados gastam cada vez mais com seus funcionários do que com obras destinadas à população, segundo o boletim de 2019 da Secretaria da Receita Federal. O gasto com pessoal pelos governos aumentou 4,4% entre 2017 e o ano passado. Já a relação entre investimento total e receita corrente líquida caiu de 6,92% para 6,52% … Continuar lendo

Para que servem as estatais?

Há 258 empresas estatais estaduais no Brasil, a maior parte delas, 91, no Nordeste. Do total, 41% são dependentes: precisam de recursos do controlador, o governo estadual, para pagar despesas com pessoal ou com custeio. Os Estados transferiram 11,4 bilhões de reais, retirados dos cofres públicos, como reforço de capital, e R$ 4,7 bilhões como … Continuar lendo

Finança ameaçada

O Pará é um dos seis Estados (os outros são Acre, Paraíba, Piauí, Paraná e São Paulo), atualmente com nota B, ameaçados de cair para a classificação C já no próximo ano. É que a relação entre despesa corrente e receitas correntes já se encontra bem próxima da margem de 95%. “Para esses Estados, faz-se … Continuar lendo