//
Arquivos

Economia

Esta categoria contém 510 posts

Uma usina de dólares

Num único dia de outubro de 1973, os países árabes produtores de petróleo, envolvidos em mais uma guerra com Israel, elevaram o preço do barril de petróleo de três dólares para US$ 5,12. O reajuste, de 70%, provocou o primeiro choque do petróleo. Em março do ano seguinte, o barril já estava em US$ 12 … Continuar lendo

Alunorte: o vácuo

Trago para a capa do blog o comentário, reproduzido a seguir, feito pelo leitor José Miranda, sobre a crise da Alunorte, que suspendeu sem funcionamento alegando que não pode continuar sob o embargo às suas atividades determinada pela justiça, a partir de pedido dos ministérios públicos estadual e federal. As informações fornecidas ajudam a contextualizar … Continuar lendo

Alunorte: o impasse

O Ministério Público Federal e o Ministério Público do Pará divulgaram, hoje, uma nota (reproduzida na íntegra a seguir), a propósito da suspensão do funcionamento da Alunorte e da mina de bauxita de Paragominas. Defendem a justeza da punição da Hydro pela poluição causada em fevereiro, sustentando que ela resultou do despejo clandestino de efluentes … Continuar lendo

Quem blefa?

O acidente de fevereiro em Barcarena aconteceu de fato. Cursos d’água em torno da fábrica de alumina (e de alumínio também) foram contaminados por alguns produtos químicos. A Hydro Alunorte teve que recorrer a uma drenagem abandonada – e que não era monitorada – para escoar água excessiva da chuva que caiu no dia 17. … Continuar lendo

Alunorte parou hoje

A Hydro Alunorte paralisou completamente a sua fábrica de alumina em Barcarena, a maior do mundo. Em consequência, a mina de bauxita de Paragominas, que lhe fornece o minério para a transformação em alumina, também parou. A empresa alega que foi obrigada a adotar essa atitude porque as autoridades públicas não lhe permitiram utilizar o … Continuar lendo

Arquivo JP (53)

O distante futuro   (Jornal Pessoal 245, outubro de 2000) Se é crescente o número dos paraenses preocupados com a possibilidade de o seu Estado natal estar perdendo o bonde do futuro, uma estatística reforça essa má impressão. O Pará está em 22º lugar entre os 27 Estados da federação brasileira conectados à Internet, o … Continuar lendo

Arquivo JP (52)

Pará é isso   (Jornal Pessoal 245, outubro de 2000) Metade dos municípios do Pará, representando um terço de toda a população do Estado, encontram-se na faixa da pobreza. São 1,8 milhões de pessoas, distribuídas por 71 (dos 143) municípios paraenses, que representam 10% dos brasileiros mais pobres. Elas serão alcançadas pelo Projeto Alvorada, uma … Continuar lendo

Amazônia: líder em dívida

Quase metade da população  da Amazônia, ou seis milhões dos seus habitantes em idade adulta, estão com as suas contas em atraso. A região Norte é, proporcionalmente, a que possui o maior número de inadimplentes do Brasil. Esses inadimplentes estão com o seu CPF restrito. O Norte teve o segundo maior incremento da inadimplência em agosto, … Continuar lendo

Quem manda na Amazônia?

Por que um Estado tão rico, como o Pará, é também tão pobre? Esta deveria ser a questão mais importante na agenda dos candidatos à eleição de outubro. O Pará abriga a maior frente econômica do país, que se expande pelo seu vasto interior (com 1,2 milhão de quilômetros quadrados) à cata de recursos naturais. O … Continuar lendo

Arquivo JP (42)

O porto fantasma da ilha do Outeiro (Jornal Pessoal 243, setembro de 2000) O porto da Sotave, que o governo federal desapropriou em 1988, estaria sendo invadido, saqueado e utilizado para atividades clandestinas, entre elas o tráfico de drogas. Seguidas denúncias nesse sentido têm sido feitas por vizinhos e observadores do terminal, construído na ilha … Continuar lendo