//
Arquivos

Educação

Esta categoria contém 259 posts

Memória – O trote dos anos 60

Numa época em que as faculdades se espalhavam pela cidade, um pouco antes do confinamento no campus do Guamá, os estudantes universitários faziam o trote com passeatas pelo centro, sempre fazendo uma parada em frente aos jornais para serem anotadas as placas que carregavam. Em 1966, quando o regime militar ainda não endurecera de todo, … Continuar lendo

Memória – Os primeiros cursinhos

O Curso Vestibular de Direito e Filosofia, talvez o mais antigo de Belém, foi fundado em 1955. Édson Franco e Francisco Guzzo estavam à frente da empreitada em 1966, quando iniciou seu 11º ano de atividade, funcionando no Colégio Santa Rosa, em Batista Campos. Eram professores: os próprios Guzzo (língua portuguesa) e Édson Franco (literatura … Continuar lendo

Memória – Escola de política

Em 1953, nada menos do que cinco chapas apresentaram 86 candidatos ao parlamento da UECSP (União dos Estudantes dos Cursos Secundaristas do Pará), disputando votos dos alunos de 28 escolas em Belém, Santarém, Bragança e Cametá. A chapa mais numerosa era a do Movimento Estudantil Cristão, com 20 candidatos, dentre os quais Gerson Peres, Péricles … Continuar lendo

Geógrafo da Amazônia

O contínuo colocou sobre a minha mesa um pacote, hermeticamente fechado. Ao abri-lo, deparei com uma edição especial do boletim Geografia e Planejamento, do Instituto de Geografia da USP. Acompanhando os 10 exemplares da publicação, um bilhete do professor Aziz Ab’Saber. Ele decidira, à minha revelia, transcrever a série de matérias sobre a rodovia Perimetral … Continuar lendo

Memória – Campus do Guamá

O campus da Universidade Federal do Pará foi instalado numa área de 500 hectares, nos bairros do Guamá e Terra Firme, em Belém, “uma das maiores utilizadas com fins educacionais em todo o continente, além de estar praticamente dentro dos limites da cidade”. Desse total, 200 hectares pertenciam ao Ipean (Instituto de Pesquisa Agropecuária do … Continuar lendo

Memória – Irawaldir, o orador

Irawaldir Rocha foi o orador oficial da turma de bacharéis em direito da Universidade Federal do Pará em 1961. Fez um discurso longo e contundente, que provocaria impacto na plateia do salão nobre da Faculdade, no Largo da Trindade, e na opinião pública. Repercussão que lhe renderia maciça votação para se eleger vereador de Belém … Continuar lendo

Memória – Lideranças estudantis

Fundada em 1944, a UECSP (União dos Estudantes dos Cursos Secundaristas do Pará), foi, durante pouco mais de duas décadas, uma das fontes principais de formação de lideranças no Pará, até ser extinta arbitrariamente, durante o regime militar instaurado em 1964. Seu primeiro presidente, Efraim Bentes, faria carreira política, como deputado estadual e secretário de … Continuar lendo

Merenda

Santarém é o município que recebeu o maior volume de recursos do Programa Estadual de Alimentação Escolar. Serão 964 mil reais no ano, em parcelas. Seguem-se Abaetetuba (666 mil), Castanhal (560 mil), Marabá (455 mil), Capanema (298 mil), Marituba (228 mil) e Vigia (215 mil)

Memória – Marias talentosas

Todas eram Marias – talentosas, inteligentes e aplicadas, filhas de Joaquim Chaves, que durante muitos anos dirigiu a Companhia de Seguros Aliança do Pará, fazendo fortuna e amigos, e de Maria d’Ascensão Ramos Chaves. A primeira a morrer foi a pianista Maria de Lourdes, em 1971, quando as irmãs já não contavam mais com os … Continuar lendo

Memória – Sem “subservismo”

Em 1968, através de plebiscito, os estudantes universitários decidiram extinguir seu órgão de representação, a UAP (União Acadêmica Paraense), e substituí-lo pela UEE (União Estadual de Estudantes). A chapa Edson Luís, em homenagem ao estudante secundarista paraense morto pela polícia, em frente ao restaurante Calabouço, no Rio de Janeiro, foi a vitoriosa, com 1.409 votos, … Continuar lendo