//
Arquivos

Energia

Esta categoria contém 321 posts

O imposto que não fica

O setor de combustíveis foi o que mais contribuiu (com 468 milhões de reais) para a arrecadação do ICMS do Estado em setembro ultrapassar R$ 1,5 bilhão de reais. Em segundo lugar, a energia elétrica, com R$ 181 milhões, o comércio atacadista (R$ 157 milhões), o comércio varejista R$ 121 milhões) e bebidas (R$105 milhões). … Continuar lendo

E a nossa energia?

No Brasil, 67% da energia gerada e 62,48% da potência instalada são provenientes de usinas movidas pela força dos rios. Estão em operação no país 739 centrais geradoras hidrelétricas (com capacidade instalada de 832 megawatts), 425 pequenas centrais hidrelétricas (8.461 MW) e 219 usinas hidrelétricas (103 mil MW). No total, elas podem gerar até 109,3 … Continuar lendo

No coração da Amazônia

A aula magna de jornalismo de Lúcio Flávio Pinto Por Gabriel Ferreira Publicado no site Amazônia Real Manaus (AM) – O jornalista e escritor Lúcio Flávio Pinto, um dos mais combativos profissionais da imprensa brasileira, não titubeia quando perguntado sobre como vê a violência na atual ocupação amazônica: “A desvalorização da vida é uma das coisas mais … Continuar lendo

Árvores não serão queimadas

A Norte Energia, concessionária da hidrelétrica de Belo Monte, comunicou ao Ibama que desistiu de entregar à Siderúrgica Norte do Brasil mais de 3,5 mil metros cúbicos de madeira, dos quais mais de 2 mil m³ de espécies nobres e protegidas por lei federal, que estavam em pátios de estocagem na área da usina. As … Continuar lendo

Madeira para quê?

De dezembro de 2010 a abril deste ano, a Norte Energia derrubou a cobertura florestal da área onde construiu dois reservatórios de água para abastecer a hidrelétrica de Belo Monte, no rio Xingu, no Pará, a quarta maior do mundo em potência nominal (o máximo que suas turbinas podem gerar no período de chuvas intensas … Continuar lendo

Gás do Amazonas para Roraima

A Eneva inicia hoje a produção comercial do campo de Azulão, na bacia do rio Solimões, no Estado do Amazonas. “É o primeiro projeto a entrar em operação na região, após 20 anos de sua descoberta”, diz um informativo da empresa. A bacia é grande produtora de petróleo e gás natural em terra, fornecendo óleo … Continuar lendo

Alunorte usará gás

A Alunorte, a maior fábrica de alumina do mundo, instalada em Barcarena, vai converter o processo de calcinação e parte da geração de vapor de óleo combustível para gás natural. Com isso, vai reduzir a emissão de gases de efeito estufa e aumentar a sua eficiência. A New Fortress Energy, que se instalou em Barcarena … Continuar lendo

Térmicas a gás no AM

A Eneva, empresa brasileira responsável por 9% da geração térmica a gás no país. recebeu, no dia 16, as licenças ambientais de um novo projeto termelétrico no Amazonas, onde toda energia é de fonte térmica. Com essas licenças, concedidas pelo governo estadual, a empresa poderá participar do primeiro leilão regular do tipo, promovido pelo governo … Continuar lendo

Belo Monte repete Tucuruí

A revista eletrônica Amazônia Latitude, sob a direção de Marcos Colón, iniciou ontem uma série especial de matérias sobre a hidrelétrica de Belo Monte, A abertura da série foi com um artigo meu, que apareceu primeiro no Boletim do Museu Paraense Emílio Goeldi , em 2012, sendo adaptado pela equipe da Amazônia Latitude para a nova publicação. … Continuar lendo

O blecaute recorde da Albrás

O blecaute de 12 horas, em 8 de março de 1991, provocou o maior acidente industrial da Amazônia, o único com repercussão mundial. Sem energia, os 864 fornos da Albrás, a 8ª maior fábrica de alumínio do mundo, instalada em Barcarena, a menos de 50 quilômetros de Belém, com investimento de 1,3 bilhão de dólares, … Continuar lendo