//
Arquivos

Estradas

Esta categoria contém 14 posts

Ferrovia de Carajás

Na surdina, a ANTT (Agência Nacional de Transporte Terrestre) realizará na segunda-feira, 27, audiência pública para discutir a renovação da concessão da licença da ferrovia de Carajás à Vale, que chega ao fim, depois de 50 anos de validade. Será às duas da tarde no hotel Radisson Maiorana, na Braz de Aguiar. Sem a divulgação … Continuar lendo

Carajás em debate

O presidente Michel Temer cedeu às pressões dos empresários e anunciou, ontem, em Brasília, que até o dia 1º o governo federal deverá definir as datas das primeiras audiências públicas para discutir os critérios usados para antecipar a renovação dos contratos de concessão da Estrada de Ferro Carajás e da Estrada de Ferro Vitória a … Continuar lendo

O cavalo da China

O maior projeto concebido pelo governo Simão Jatene, ao longo dos seus 11 anos de duração, ainda não foi executado. É a Ferrovia Paraense, projetada para ter 1,3 mil quilômetros de extensão e custar 14 bilhões de reais. Desviaria para Barcarena um fluxo de carga que poderia chegar a 100 milhões de toneladas, de tamanho … Continuar lendo

A China é aqui

O governo do Pará assinou, ontem, um memorando de entendimento com um grupo empresarial do setor ferroviário e um fundo financeiro, ambos da China, que estariam interessados na obra da Ferrovia Paraense. Sintomaticamente, a solenidade foi realizada na sede da embaixada chinesa, em Brasília. Na ocasião, o governador Simão Jatene desdenhou de seus adversários políticos, … Continuar lendo

Coronel do exército condenado

O tenente-coronel Carlos Alberto Baccini Barbosa, ,chefe da seção técnica do 8º Batalhão de Engenharia de Construção do Exército, sediado em Santarém, está entre as sete pessoas condenadas pelo Superior Tribunal Militar por envolvimento em um esquema de desvio de dinheiro público em obras da BR-163 (Santarém-Cuiabá), no Pará,  sob a responsabilidade do 8º BEC, … Continuar lendo

Barbárie infantil

Dias atrás me veio à lembrança o crime mais chocante de que tive notícia até hoje. Uma criança de oito anos degolara outra de quatro anos. Foi em 2007 (e não em 1997, como saiu na matéria a seguir, por um simples lapso), em, Novo Progresso, numa região que crescia à base da extração ilegal … Continuar lendo

A história na chapa quente (229)

Transamazônica custou 12 bilhões de dólares!!! (Artigo publicado no Jornal Pessoal 312, de novembro de 2003) A maior obra pública da história da Amazônia não é a hidrelétrica de Tucuruí, mas a Transamazônica. Ao menos na contabilidade do deputado federal Delfim Netto. Em entrevista à revista Istoé Dinheiro, ele afirma que a estrada custou nada … Continuar lendo

A história na chapa quente (121)

A dívida de R$ 1,5 bilhão (Artigo publicado no Jornal Pessoal 303, de junho de 2003, mais de 10 anos antes da Lava-Jato) Se vencer uma ação que propôs contra o Estado exatamente 10 anos atrás, a Construtora Andrade Gutierrez, de Minas Gerais, uma das maiores empreiteiras do país, poderá se credenciar a receber 1,5 … Continuar lendo

O outro Brasil

Por paradoxal que pareça, os anos da ditadura foram época de vacas gordas para a cobertura jornalística na Amazônia. O governo militar promovia então a maior empreitada de abertura de fronteiras da história do Brasil. Eram longas estradas, assentamento de colonos, venda de grandes lotes de terras, mineração, início da construção de hidrelétricas, novas cidades … Continuar lendo

A história na chapa quente (118)

A surpresa de Furnas: hidrelétricas no Madeira (Textos publicados no Jornal Pessoal 300, de abril de 2003. Assinalam os primeiros efeitos da ocupação do setor elétrico pelo PT, que devem ser relidos sob as luzes da Operação Lava-Jato) O rio prioritário para abrigar novas grandes hidrelétricas no governo Lula não é mais o Xingu, no … Continuar lendo