//
Arquivos

Floresta

Esta categoria contém 73 posts

JP (10)- Cartas

(Publicado no Jornal Pessoal 235, de junho de 2000) Floresta Senhor Lúcio Flávio Sempre leio as duas publicações de sua autoria, o Jornal Pessoal e a Questão [Agenda] Amazônica. Admiro seu trabalho, que se caracteriza pela imparcialidade e o compromisso com a verdade, levantando questões das mais relevantes para o nosso Estado. Infelizmente, no último … Continuar lendo

Velho e novo colonialismo

Dizer que o pernambucano José de Moura Cavalcanti era o presidente do Incra (Instituto Nacional de Colonização e Reforma Agrária) era dizer pouco. Mas em 1971 ele se tornou o gestor do maior latifúndio do mundo. Por um ato de força, na forma de decreto-lei (o poderoso executivo usurpando função do legislativo amordaçado), o general … Continuar lendo

A Stihl na Ufra

Já publiquei vários textos estranhando a presença da Stihl, multinacional alemã fabricante de motosserras, no campus da Ufra (Universidade Federal Rural) em Belém. A direção da instituição mantém absoluto silêncio sobre os questionamentos, assim como seus corpos docente e discente. A Stihl decidiu se manifestar, enviando uma nota ao blog. Reproduzo a manifestação da empresa, … Continuar lendo

JP (4) Só retórica

(Publicado no Jornal Pessoal 235, de maio de 2000) A Amazônia não é prioridade nacional. Esta verdade contraria a retórica dos discursos e das mensagens publicitárias. Mas ficou mais uma vez evidenciada  pela polêmica desencadeada em torno da reforma do Código Florestal. O eixo do combate, travado (para efeito de simplificação) entre “preservacionistas” e “desenvolvimentistas”, … Continuar lendo

Proteger a floresta

A TV Globo fez a sua parte, exibindo um belo documentário sobre a árvore mais alta do Brasil e das mais altas do mundo, com 88 metros, o equivalente a um prédio de 24 andares (só inferior às maiores da Malásia, que chegam a pouco mais de 90 metros). Completa agora o serviço com um … Continuar lendo

National Geographic na Amazônia

Repasso, para os interessados, o comunicado que recebi da National Geographic Society, que abre uma porta para quem está trabalhando na – e sobre a – Amazônia. Até 9 de outubro, a NATIONAL GEOGRAPHIC SOCIETY convoca conservacionistas, exploradores, pesquisadores e comunicadores para participar de dois chamados que irão financiar projetos de”Capacitação na Amazônia” e “Histórias da Amazônia”, com o objetivo de preservar sua … Continuar lendo

Pará, não

A equipe que localizou as árvores mais altas da Amazônia tinha 30 integrantes, de três países (Inglaterra, Finlândia e Brasil). Era coordenada por Eric Bastos Gorgens, da Universidade Federal dos Vales do Jequitinhonha e Mucuri, de Minas Gerais. Ele preparou a viagem depois de um ano de pesquisas. Da expedição participaram membros da universidade de … Continuar lendo

Esse patrimônio é nosso. Defenda-o!

Este texto não tem a pretensão de ser informativo. Quer apenas – e, sobretudo – transmitir o estado de espírito no qual me encontro neste momento, de forte emoção. Acabo de ver uma reportagem do Globo Repórter sobre a expedição científica às maiores árvores da Amazônia. Elas ficam no alto rio Paru, no noroeste do … Continuar lendo

Quem sabe da Amazônia?

O ciclo da borracha, chamado de “belle époque”, porque a Amazônia era a única fornecedora mundial do produto e foi a segunda maior exportadora do Brasil, durou menos de 50 anos, entre 1870 e 1912. Até hoje, esse período é considerado o mais importante da história da região, a ponto de merecer citações nos compêndios … Continuar lendo

Tragédia e farsa

Na hora de fazer a reforma, o Brasil concilia, reclamava o grande historiador José Honório Rodrigues, um intelectual de centro. Nos nossos dias é pior ainda do que nos dele (1913-1987). Atualmente, se negocia, acerta-se, paga-se propina e faz-se de conta. A simulação pende entre a estultice e o cinismo. Quem se deixa levar pelas … Continuar lendo