//
Arquivos

Grandes Projetos

Esta categoria contém 237 posts

Os cidadãos sem-rio

Em 2014 o nível do Madeira chegou aos 19,69 metros. Foi a maior cheia já registrada no rio desde que a sua medição começou a ser feita. Com a grandeza que ele tem, de ser o afluente que mais contribui em vazão líquida e em sedimentos para o Amazonas. A enchente superou em mais de … Continuar lendo

A história na chapa quente (230)

O Pará é do mundo (Publicado no Jornal Pessoal nº 324, de maio de 2004) A Austrália é atualmente o maior produtor mundial de alumina, um pó branco, resultante da lavagem da bauxita, que serve de insumo para a fundição do alumínio metálico. A produção australiana no ano passado foi de 11,3 milhões de toneladas. … Continuar lendo

Três datas amazônicas (e também americanas)

Duas das maiores epopeias da história da Amazônia em todos os tempos, comandadas por dois dos maiores capitalistas da nação mais poderosa do mundo, completam suas marcas históricas em 2017. São os 90 anos da cidade de Henry Ford no vale do rio Tapajós, no Pará, e os 50 anos do projeto de Daniel Ludwig, … Continuar lendo

Carajás é deles, os chineses

A Vale começou ontem a divulgar no seu site uma série de matérias sobre os 50 anos de Carajás citando uma frase do primeiro-ministro da China, Zhao Ziyang: “Seus antepassados devem ter agradado a Deus para que Ele lhes tenha dado tanto”, disse ele, durante visita que fez à Serra dos Carajás, no Pará, em … Continuar lendo

A história na chapa quente (428)

Albrás e Eletronorte assinaram maior contrato de energia do país (Publicado no Jornal Pessoal 323, de maio de 2004) O maior contrato individual de energia do país, no valor global de 3,4 bilhões de dólares (ou 7,5 bilhões de reais), foi renovado neste mês e entrará em vigor no próximo, estendendo-se por 20 anos (US$ … Continuar lendo

O gigante e o anão

Num Brasil em crise, com um governo de caixa vazio, Canaã dos Carajás comemorou a maior arrecadação da sua história no primeiro semestre deste ano. Uma história ainda curta: a cidade foi fundada há 35 anos e se tornou município do sul do Pará (a 760 quilômetros da capital, Belém) há 22, com população de … Continuar lendo

Agenda Amazônica (8)

Um diário de província e os anais da história (Publicado na Agenda Amazônica nº 15, de novembro de 2000) Diário de um convertido, de Emir Bemerguy, vale sobretudo como uma contribuição à cronologia de Santarém entre 1968 e 1992. Apesar de ser a segunda maior cidade do Pará, a capital do Baixo Amazonas dispõe de … Continuar lendo

Agenda Amazônica (7)

PERGUNTA/RESPOSTA (Publicado na Agenda Amazônica nº 16, de novembro de 2000) Nesta seção, respondo a perguntas feitas em palestras e que não pude atender por falta de tempo. Embora o debate costume ser o melhor momento desse tipo de acontecimento, quando deixado para o final fica inconcluso e insatisfatório. Nesta edição, respondo a perguntas feitas … Continuar lendo

Agenda amazônica (1)

(Na nova configuração do blog, vou alternar, a partir de hoje, a publicação da série Amazônia na chapa quente com esta. Ela reproduzirá o que ainda se pode salvar dos 28 números da Agenda Amazônica. Foi uma publicação mensal, que lancei no ano 2000. Pretendia tratar em maior profundidade os temas abordados ou não pelo … Continuar lendo

A história na chapa quente (245)

O Pará parou: pobre (Artigo publicado no Jornal Pessoal 321, de abril de 2004) O Pará tem o segundo maior território do Brasil, é o nono Estado em população, o 12º em PIB (Produto Interno Bruto), o 16º em desenvolvimento humano (o IDH) e o 19º em desenvolvimento juvenil (o IDJ). Essa série de indicadores … Continuar lendo