//
Arquivos

Hidrelétricas

Esta categoria contém 115 posts

Mais energia dos rios

Até dezembro do ano passado, foram adicionados ao sistema elétrico nacional 9,5 mil megawatts de energia, o maior valor desde o início da série histórica, em 1998. Para 2017, está previsto um incremento de 7,1 mil MW de capacidade instalada. Em 2016, a fonte que mais cresceu, em números absolutos, foi a de grandes usinas … Continuar lendo

Quem ganha com a energia da Amazônia?

(Meu último artigo para o site Amazônia Real – http://www.amazoniareal.com.br) A maior linha de transmissão de energia do mundo possui 2.300 quilômetros de extensão. Vai de Porto Velho, a capital de Rondônia, até Araraquara, no interior de São Paulo. De um lado, se conecta à terceira e à quarta maiores hidrelétricas do Brasil. Do outro, … Continuar lendo

Belo Monte: o maior rombo

Perícia em apenas 53% dos contratos da usina de Belo Monte, no rio Xingu, no Pará, revela desvio de 3,3 bilhões de reais de dinheiro público (10% do valor atualizado da hidrelétrica, a quarta maior do mundo), em volume equivalente à metade das perdas da Petrobras com corrupção, revela José Casado, em matéria publicada por … Continuar lendo

Jirau: presente!

A Amazônia tem agora, oficialmente, a terceira maior hidrelétrica do Brasil: ontem, foi inaugurada Jirau, no rio Madeira a 120 quilômetros de Porto Velho, em Rondônia. Ela só é menor que Itaipu, no Paraná (mas que é binacional, com o Paraguai), e Tucuruí, no Pará, a segunda maior. Em breve, o Pará terá também a … Continuar lendo

Itaipu: recorde mundial

A hidrelétrica de Itaipu, compartilhada pelo Brasil com o Paraguai, completou aos dez primeiros minutos deste sábado a produção de 98,8 milhões de megawatts-hora, superando a própria marca de produção anual de energia, e desbancou o recorde mundial da usina de Três Gargantas, na China, que é a maior do mundo. É energia suficiente para … Continuar lendo

MPF quer parar Belo Monte

O Ministério Público Federal quer que a justiça suspenda urgentemente a licença de operação da hidrelétrica de Belo Monte. Se concedida, a suspensão deveria vigorar até serem atenuados os impactos provocados pela usina ao ecossistema aquático e à pesca no rio Xingu. Segundo o MPF, “estudos científicos independentes” constataram uma “gama de inconsistências técnicas e … Continuar lendo

Mudanças em Belo Monte

A premissa básica do reassentamento dos moradores das margens do rio Xingu, que precisam ser retirados da área inundada pela represa de Belo Monte, não poderá ser mais a que a Norte Energia adota, apontada como a responsável por injustiças e conflitos. A relocação dos ribeirinhos terá que seguir o princípio do autorreconhecimento, previsto na … Continuar lendo

O acidente no Teles Pires

Ainda é desconhecida a origem de um grande vazamento de óleo, de dimensão ainda não definida, que poluiu as águas do rio Teles Pires, afluente do Tapajós, que deságua em Santarém. A área contaminada fica próxima ao local onde está sendo construída a hidrelétrica de São Manoel, na divisa de Mato Grosso com o Pará. … Continuar lendo

Poluição no Tapajós

O jornal O Estado de S. Paulo acaba de informar que um grande vazamento de óleo de origem ainda não identificada poluiu as águas do rio Teles Pires, numa área próxima ao local onde é construída a hidrelétrica de São Manoel, na divisa de Mato Grosso com Pará. A mancha de óleo, identificada no domingo, … Continuar lendo

Jirau: a plena carga

A 48ª turbinas da hidrelétrica de Jirau, no rio Madeira, em Rondônia, começou a funcionar na última segunda-feira, 14, um dia antes da data prevista pela concessionária da usina, a Energia Sustentável do Brasil. Nesse dia a Agência Nacional de Energia Elétrica liberou para operação comercial a última das turbinas, a 50ª. Com isso, a … Continuar lendo