//
Arquivos

Índios

Esta categoria contém 29 posts

Os portos do Tapajós

Não foi realizada a audiência pública marcada para hoje, em Miritituba, no oeste do Pará. Presentes, os índios munduruku divulgaram uma carta pública e fizeram protestos contra a construção de portos no distrito de Itaituba, às margens do rio Tapajós. Os índios alegam que não foram consultados previamente e ignorados, como se não existissem. O … Continuar lendo

O nióbio de Bolsonaro

Mal chegou ao Japão, para participar da reunião (ainda em andamento) do grupo que congrega os 20 países mais ricos do mundo (na América do Sul, também a Argentina; o Chile é apenas convidado), o presidente Jair Bolsonaro foi às ruas buscar as provas que confirmariam o seu mais recente bordão: o Brasil precisa ampliar … Continuar lendo

Contra os índios

Embora já tenha aparecido com as volumosas Memórias da Segunda Guerra, do líder inglês Wiston Churchill, parece que o único livro que Jair Bolsonaro leu (ou é o seu livro de cabeceira) foi A Verdade Sufocada, do coronel Brilhante Ustra, que foi chefe do DOI-Codi, o principal órgão de tortura de preso político durante a … Continuar lendo

Terras do Pará

O Iterpa continua a permutar ou retificar a permuta de áreas do Projeto Integrado Trairão, o maior dos empreendimento de venda de terras do Estado. O Diário Oficial de hoje publica seis retificações sobre uma área de 4 mil hectares, no município de São Félix do Xingu, que tem minérios, solos mais ricos e remanescentes … Continuar lendo

O Xingu sagrado (e massacrado)

O vale do rio Xingu ocupa 18 milhões dos 90 milhões de hectares de Mato Grosso, ou 20% do terceiro maior Estado brasileiro. Mais de 6 milhões de hectares de florestas situadas nesse área. É quase um terço da extensão do vale do Xingu, o 60º maior rio do planeta. Equivale a 40 vezes o … Continuar lendo

Líderes indígenas

O governo do Estado selecionou 22 lideranças indígenas para compor o Grupo de Trabalho de Estudos e Ações de Interesse dos Povos Indígenas no Estado do Pará. São 18 homens e quatro mulheres, que fazem parte de 12 grupos indígenas, dentre os quais três representantes dos kayapó, três dos gavião e dois dos tembé, mais … Continuar lendo

Mais um grupo de trabalho

O governador Helder Barbalho criou mais um grupo de trabalho, agora de um estranho hibridismo. No mesmo decreto, instituiu o Grupo de Trabalho de Estudos e Ações de Interesse dos Povos Indígenas e o Grupo de Trabalho de Estudos e Ações para o Desenvolvimento da Cadeia Agroindustrial da Pecuária Paraense no Estado do Pará. O … Continuar lendo

A história na chapa quente (352)

(Publicado no Jornal Pessoal 331, de outubro de 2004) O sertanista morre no sertão que arde Um terrível sonho recorrente me ataca de tempos em tempos: um pivete me assalta e me mata, indiferente às minhas tentativas de convencê-lo que sou uma pessoa útil à sociedade, inclusive a marginais como ele. O pesadelo simboliza uma … Continuar lendo

Amor e sangue

No dia 30 de outubro, Elisângela Dell-Armelina Suruí, de 38 anos, recebeu, em São Paulo, o Prêmio Educador Nota 10 de 2017, concedido há 20 anos pela Fundação Victor Civita, do grupo da Editora Abril, que edita a revista Veja. Houve muitas comemorações e ela recebeu milhares de mensagens parabéns do Brasil e do exterior. … Continuar lendo

Massacre do Tapajós

A polêmica hidrelétrica São Manoel, no rio Teles Pires, na divisa entre Mato Grosso e Pará, entrou em operação, com cinco meses de antecipação à data inicialmente prevista, de maio de 2018, e pouco mais de três anos depois do início da sua construção, ao custo de 3,3 bilhões de reais. A hidrelétrica funciona a … Continuar lendo