//
Arquivos

Militares

Esta categoria contém 208 posts

Memória – Igreja comunista?

Em novembro de 1976, o jornal Correio Braziliense publicou uma entrevista com o padre Maboni, na qual ele dizia que a Igreja da Amazônia estava infiltrada por esquerdistas e que sua pastoral era subversiva. Um mês depois, em carta enviada à Regional Norte II da CNBB (Conferência Nacional dos Bispos do Brasil), o padre, que … Continuar lendo

Memória – Conflito militares e Igreja

Em outubro de 1976, um destacamento com 18 soldados da Polícia Militar do Pará foi emboscado por posseiros que ocupavam parte do Loteamento Itaipavas, em Perdidos, na época pertencente ao município de São Geraldo do Araguaia, no sul do Estado. Dois militares foram mortos. Eles iriam dar segurança a topógrafos do Incra (Instituto Nacional de … Continuar lendo

O fico do mico

Em março completará um ano o maior ato de força de Bolsonaro, que foi também uma iniciativa rara de um presidente do Brasil em todos os tempos. De uma só canetada, o capitão da reserva do Exército demitiu a cúpula das forças armadas. No arrastão foram exonerados o ministro da Defesa, que era um general … Continuar lendo

Memória – Represália

O presidente da república, marechal Costa e Silva, na qualidade de Grão-Mestre da Ordem do Mérito Aeronáutico, assinou decreto, em março de 1969, excluindo da mesma ordem algumas pessoas. Do corpo de Graduados Especiais, no grau de Grande Oficial, Oswaldo Lima Filho, Ivete Vargas e Carlos Lacerda; no grau de Comendador, Arthur Virgílio Filho e … Continuar lendo

Memória – Maluf contra a corrupção

Seria cômica, se não viesse a se revelar trágica, esta notícia, publicada pelo Correio da Manhã, em 19 de março de 1969, a distantes 53 anos. _____________  Corrupção em SP preocupa novo prefeito SAO PAULO (Sucursal) — O problema da corrupção na administração municipal foi uma das preocupações demonstradas pelo novo prefeito de São Paulo, … Continuar lendo

Memória – Depois das armas

Depois de ter deslocado tropa da Polícia Militar para impedir a reintegração do prefeito de Santarém, Elias Pinto, em setembro de 1968, provocando um conflito de rua com mortos e feridos, o governador Alacid Nunes procurou afastar a repercussão negativa da sua atitude. Propôs ao governo federal a criação de um projeto concentrando investimentos da … Continuar lendo

Almirante desafia capitão

O comunicado do diretor-geral da Anvisa, contra-almirante Antonio Barra Torres, divulgado no dia 7, é um documento de grande valor histórico. É a primeira reação de um dirigente de órgão da administração Bolsonaro à altura da agressão perpetrada pelo chefe do governo. Assinada por um oficial superior da Marinha, que também é médico, no comando … Continuar lendo

Memória – Prende e arrebenta

O AI-5 havia sido promulgado no mês anterior. Em janeiro de 1969, o chefe da Polícia Federal de São Paulo, general Silvio Correia de Andrade, não gostou do noticiário do jornal Diário da Noite, vespertino dos Diários e Emissoras Associados, criado pelo ultraconservador Assis Chateaubriand (que morreu em 1968). Mandou imediatamente prender o repórter Orlando … Continuar lendo

Ouro amazônico

Editorial da Folha de S. Paulo de hoje. E os jornais de Belém: por que se calam?__________________ Jair Bolsonaro, há algo de inquietante nos assentimentos do general Augusto Heleno, ministro do Gabinete de Segurança Institucional, para pesquisa de ouro na Cabeça do Cachorro (AM). Não faltou quem visse os atos como preparativos para a mineração em … Continuar lendo

De preso a imortal

Gilberto Gil poderia marcar para 27 de dezembro sua posse na Academia Brasileira de Letras, para a qual foi escolhido dias atrás. Nessa data, em1968, como efeito da edição do AI-5, duas semanas antes, ele foi preso em São Paulo, junto com Caetano Veloso, que continua sem ser imortal das letras acadêmicas. Em seguida, ambos … Continuar lendo