//
Arquivos

Minério

Esta categoria contém 261 posts

A água e a mineração de bauxita

A Mineração Rio do Norte, uma das maiores produtoras de bauxita do mundo, é a 4ª mineradora em número de barragens no Brasil. Já implantou 25 delas, à margem do rio Trombetas, em Oriximiná, no Pará. E deverá construir mais algumas. A mineradora garante que a qualidade da água dos igarapés se mantém adequada. No … Continuar lendo

Ferrovia de Carajás: e o Pará?

Se a concessão da ferrovia de Carajás não for renovada e o bem tiver que ser devolvido ao governo federal, que é o poder cedente, a Vale terá direito a uma indenização de mais de 18 bilhões de reais. É o valor calculado pela duplicação da ferrovia, executada pela empresa.  A concessão deveria durar até … Continuar lendo

O que vale?

A questão mais importante para a Vale no momento é a renovação das suas concessões das ferrovias de Carajás e Vitória-Minas. Por elas, principalmente pela linha de Carajás, escoa o maior volume de minério de ferro (de elevado teor) que circula entre os oceanos. O governo federal está dividido a respeito. Uma ala quer despachar … Continuar lendo

A questão chinesa

“A China não está comprando no Brasil, ela está comprando o Brasil”, alertou Jair Bolsonaro na semana passada. “Você vai deixar o Brasil na mão do chinês?”, provocou ele, mexendo num vespeiro mantido até então sob aparente harmonia. Enfrentou um tema que a esquerda e sues aliados populistas evitaram tratar, apostando, talvez, numa acomodação natural. … Continuar lendo

Uma usina de dólares

Num único dia de outubro de 1973, os países árabes produtores de petróleo, envolvidos em mais uma guerra com Israel, elevaram o preço do barril de petróleo de três dólares para US$ 5,12. O reajuste, de 70%, provocou o primeiro choque do petróleo. Em março do ano seguinte, o barril já estava em US$ 12 … Continuar lendo

Alunorte: o vácuo

Trago para a capa do blog o comentário, reproduzido a seguir, feito pelo leitor José Miranda, sobre a crise da Alunorte, que suspendeu sem funcionamento alegando que não pode continuar sob o embargo às suas atividades determinada pela justiça, a partir de pedido dos ministérios públicos estadual e federal. As informações fornecidas ajudam a contextualizar … Continuar lendo

Alunorte: o impasse

O Ministério Público Federal e o Ministério Público do Pará divulgaram, hoje, uma nota (reproduzida na íntegra a seguir), a propósito da suspensão do funcionamento da Alunorte e da mina de bauxita de Paragominas. Defendem a justeza da punição da Hydro pela poluição causada em fevereiro, sustentando que ela resultou do despejo clandestino de efluentes … Continuar lendo

O que fazer?

O projeto original da Alunorte (de alumina) foi concebido originalmente em 1976, casado com o da Albrás (de alumínio), ambos a serem conduzidos por um consórcio empresarial nipo-brasileiro, com endosso dos governos dos dois países, através de acordo assinado em Tóquio pelo general-presidente Ernesto Geisel, com toda pompa e circunstância. A iniciativa binacional foi adotada … Continuar lendo

Quem blefa?

O acidente de fevereiro em Barcarena aconteceu de fato. Cursos d’água em torno da fábrica de alumina (e de alumínio também) foram contaminados por alguns produtos químicos. A Hydro Alunorte teve que recorrer a uma drenagem abandonada – e que não era monitorada – para escoar água excessiva da chuva que caiu no dia 17. … Continuar lendo

Carajás ainda em discussão

A Agência Nacional de Transporte Terrestre prorrogou por 30 dias o prazo para a apresentação de contribuições das audiências públicas sobre a renovação do contratos de concessão da Estrada de Ferro de Carajás, operada pela Vale. A prorrogação também alcança a Estrada de Ferro Vitória-Minas, também operada pela mineradora. Duas novas sessões serão realizadas, em … Continuar lendo