//
Arquivos

Minério

Esta categoria contém 168 posts

Vale é “reprivatizada”

Vinte anos atrás, em 1997, a Companhia Vale do Rio Doce deixou de ser estatal. Seu controle acionário foi vendido a um consórcio que se formou pela associação de fundos federais de pensão, à frente o Previ (dos funcionários do Banco do Brasil, o maior de todos) com o Bradesco, a japonesa Mitsui e uma … Continuar lendo

A história na chapa quente (231)

A polêmica do porto e suas circunstâncias (Artigo publicado no Jornal Pessoal 313, de dezembro de 2003) A ideia de um superporto no local mais avançado do litoral paraense, na ponta da Romana (e não mais, conforme a última versão, na ponta da Tijoca) deixou de ser uma ideia para se transformar num projeto. Já … Continuar lendo

A história na chapa quente (227)

A polêmica do porto no jornalismo comercial (Artigo publicado no Jornal Pessoal 311, de novembro de 2003) Para atacar a Companhia Vale do Rio Doce e, dessa maneira, tentar influir sobre o contencioso judicial que trava com a empresa na comarca de Belém (ver edições anteriores do Jornal Pessoal), O Liberal ressuscitou uma questão que … Continuar lendo

Em todas

O sindicato da indústria mineral se tornou, em 10 anos de existência, talvez o mais importante do Pará. As empresas que o integram atuando em 40 dos 144 municípios, respondem por 85% das exportações paraenses, empregam 290 mil trabalhadores e pretendem investir 24 bilhões de reais até 2022, esperando criar mais 90 mil empregos. Talvez … Continuar lendo

O Brasil ganha. E o Pará?

O Brasil faturou 1,6 bilhão de dólares no mês passado com o minério de ferro, o segundo item das exportações do país. Foi um aumento de 88% em relação a abril de 2016. Graças a esse desempenho, a participação do produto subiu para 9,2% nas exportações totais, que foi de 6,3% em abril de 2016. … Continuar lendo

A falsa industrialização

Uma questão constantemente debatida neste blog é em torno da mineração, a atividade produtiva mais importante (e menos conhecida) do Pará. Afinal, o beneficiamento do minério de ferro feito pela Vale em Carajás é industrialização? Uma base factual para a resposta pode ser encontrada em 1998. Em dezembro desse ano, o Conselho Deliberativo da Sudam … Continuar lendo

Carajás: recorde

Carajás bateu o recorde de produção em um trimestre: produziu 36 milhões de toneladas de minério de ferro nos três primeiros meses deste ano, graças à entrada em operação da jazida de Serra Sul. Contribuiu assim para que a Vale, dona da província mineral, também batesse seu recorde de produção geral, com 86,2 milhões de … Continuar lendo

O grande projeto: antiamazônico

(Artigo publicado no site Amazônia Real de ontem) A mineradora canadense Belo Sun Mining Corporation projetou instalar no Pará a maior mina de ouro do Brasil, lugar ocupado há quase dois séculos pela mina de Morro Velho, em Minas Gerais, com a diferença de ser feita através de lavra subterrânea e não a céu aberto. … Continuar lendo

Dias Leite e a Amazônia

O engenheiro Antonio Dias Leite foi ministro de Minas e Energia no pior período da ditadura militar, o governo do general Médici, entre 1969 e 1974, mas ao morrer na semana passada, no Rio de Janeiro, aos 97 anos, suas mãos estavam limpas. Como esse aparente paradoxo é possível? Só encontro uma explicação: não havia … Continuar lendo

A Vale para os chineses?

(Artigo publicado hoje no site Amazônia Real) No próximo mês a antiga Companhia Vale do Rio Doce completará 20 anos como empresa privada, a maior do país, em 75 anos de história. Terá a partir de maio um novo presidente e uma nova organização corporativa. As duas iniciativas visariam romper definitivamente com seu passado, de … Continuar lendo