//
Arquivos

Segurança pública

Esta categoria contém 163 posts

E as crianças?

As três vítimas da chacina do dia 19, que foram as primeiras identificadas por seus parentes no Instituto Médico Legal, no domingo mesmo,, deixaram nove filhos. Apesar de só ter vivido por 22 anos, o DJ Leandro Breno Tavares da Silva possuía três filhos: duas meninas e um menino. Márcio Rogério Silveira Assunção, de 37 … Continuar lendo

Contradição grave

Trecho de matéria que O Liberal publicou ontem, sobre a chacina de domingo, 19, com a morte de 11 pessoas, no Bar da Wanda, no bairro do Guamá, em Belém: “Foi o tenente-coronel Jorge Wilson de Araújo, um dos primeiros oficiais da Polícia Militar a chegar ao local, quem afirmou, ainda na tarde de domingo, … Continuar lendo

Quem matou?

O tenente-coronel Jorge Wilson de Araújo, um dos primeiros oficiais da Polícia Militar a chegar ao local onde, no domingo, 11 pessoas (seis mulheres e cinco homens) foram mortas e mais uma ferida (hospitalizada em estado grave). O militar declarou aos jornalistas que o Bar da Wanda, onde o crime aconteceu, “era um ponto bastante … Continuar lendo

Uma pista?

Corretamente, O Liberal reservou duas páginas da sua edição de hoje à cobertura dos desdobramentos da chacina de domingo, que resultou em 11 mortes por execução, num dos maiores registros sobre esse tipo de crime nos últimos tempos em todo país. A importância e gravidade do assunto justificam esse tratamento. Já o jornal da família … Continuar lendo

Blitz contra os homicídios

Apesar das estatísticas oficiais sobre a redução soa índices de homicídios no Pará, o jornal do governador continua a publicar registros diários (com as fotografias sensacionalistas de sempre dos cadáveres) de mortes violentas na capital e no interior. As execuções são consumadas em todos os pontos da cidade, de manhã e de tarde e não … Continuar lendo

Contrato prolongadp

A Secretaria de Segurança Pública e Defesa Social foi autorizada a prorrogar por mais 12 meses o contrato para a “realização das ações do Centro Integrado de Operações”, o CIOP. Também poderá reajustar o valor do contrato, que era de 672 mil, para 716 mil reais. O objeto da contratação foi “a implantação de um … Continuar lendo

Tropa na rua

O Comando Militar do Leste reagiu de imediato ao conflito envolvendo um destacamento do exército, ontem à noite, na zona norte do Rio de Janeiro. Sustentou que os militares tinham atirado contra um carro particular em resposta a “injusta agressão” de criminosos. Hoje de manhã, o comando voltou atrás. Não só admitiu que a versão … Continuar lendo

Intervenção militar

Ontem, militares que integravam uma patrulha do Exército na zona norte do Rio de Janeiro, confundindo um carro de passeio com o veículo de assaltantes, atiraram. Mataram o motorista e feriram seu sogro, que seguiam com mais três pessoas, incluindo uma criança de sete anos, para um programa social com a família. O primeiro choque … Continuar lendo

A polícia e o policial

O Corregedor Geral da Polícia Civil, Raimundo Benassuly Maues Junior, determinou o sobrestamento dos autos da investigação destinada a apurar o baleamento e morte de duas crianças e o óbito de Joel Gomes da Silva. Os autos deverão ser devolvidos ao presidente do procedimento, autor do pedido, “até decisão judicial”. Os processos – administrativo e judicial – … Continuar lendo

Crime de ódio?

A morte da vereadora Marielle Franco foi um crime de ódio, definiu o delegado Giniton Lages, que comandou a investigação policial do homicídio. Foi um assassinato por motivo torpe, corrigiu a promotora de justiça, preocupada com a tipificação legal rigorosa. O dueto, infelizmente, nãos e estabeleceu. Quem falou primeiro foi o governo do Rio de … Continuar lendo