//
Arquivos

Segurança pública

Esta categoria contém 190 posts

Dentro das penitenciárias

Não era sem tempo. Os servidores e ex-servidores do sistema penitenciário do Pará, ativos, inativos e distratados, e demais interessados, vão se reunir no próximo dia 26, em assembleia geral, para ratificar a fundação da associação da categoria. A sociedade espera que a nova instituição, além de defender os interesses corporativos dos seus associados, se … Continuar lendo

Silêncio

Diário do Pará e O Liberal ignoraram completamente, nas suas edições de hoje, o termo de acordo entre o governo do Estado e a Vale, que ampliou o suporte logístico e operacional da empresa à ação de segurança pública na região da província mineral de Carajás, no sul do Pará, na qual a mineradora é … Continuar lendo

Governo divide segurança com a Vale

O governo do Pará vai dividir as responsabilidades por ações de segurança pública nos municípios da região de Carajás, no sul do Estado, com a Vale, a principal empresa em atividade no local. O acordo de cooperação, cujo aditivo foi publicado na edição de hoje do Diário Oficial, abrange principalmente os municípios de Canaã dos … Continuar lendo

Violência

A selvagem e absurda agressão de policiais a uma passageira de uma embarcação que fazia a linha de Portel a Belém, denunciada ontem, poderia ser apenas um exemplo de desvio de conduta de servidor público. Mas não é. As agressões foram praticadas em grupo por três policiais civis: dois investigadores e uma escrivã. Logo, é … Continuar lendo

A brutalidade

Em duas linhas, dias atrás, o Repórter 70 fez duas afirmativas graves. Uma, de que a violência está se expandindo e não se contraindo no Pará. A outra: as estatísticas do governo sobre violência estão sendo manipuladas para não mostrar a realidade. O tema sumiu a partir daí. O Liberal não voltou mais ao assunto, … Continuar lendo

Fez-se silêncio

Ontem, a principal coluna de O Liberal, o Repórter 70, que serve de instrumento para balões de ensaio da empresa, publicou esta pequena nota: “Os níveis de insegurança cresceram em todos os setores do Pará. Os números divulgados pelo governo são manipulados”. Em dose ultra concentrada (e codificada, para o entendimento exclusivo dos iniciados em … Continuar lendo

Violência

A secretaria de Segurança pública atesta e o jornal do governador confirma: os homicídios foram bastante reduzidos em Belém. Mas parece terem migrado para o interior. O tabloide de sangue do Diário do Pará de hoje, que equivale ao prontuário do IML impresso em papel, noticia 10 mortes em nove municípios; Três delas provocadas por … Continuar lendo

O inferno no paraíso

Jovens que atravessam a noite, reunidos em seus bairros, próximos às suas casas, podem ser surpreendidos por carros pretos ou pratas, com película grossa, de dentro do qual saem homens camuflados atirando a esmo com armas pesados, matando quem estiver ao alcance das suas balas. É um acontecimento constante na periferia de Belém. Quem morre? … Continuar lendo

Belém: vivendo perigosamente

Vítimas fatais de disparos de armas de fogo De acordo com dados disponíveis no DataSUS, 874 pessoas foram vítimas fatais de disparos de armas de fogo em Belém em 2018. Municípios Média do número de mortes por armas de fogo Belém 874 de todo o Brasil 14,03 da região Norte 18,95 do estado (PA) 27,8 … Continuar lendo

Acre: mais presos no mundo

Há 11 anos, o Acre tem, proporcionalmente, a maior população carcerária do mundo. No ano passado havia 927 detentos para cada 100 mil habitantes no Estado. Em 2018, essa proporção era de 897 para cada um desses grupos. A média do Brasil, que conseguiu melhorar a situação e agora possui a 26ª maior população carcerária … Continuar lendo