//
Arquivos

Sem categoria

Esta categoria contém 146 posts

Lava-Jato no futebol

A importância que o futebol tem para o povo brasileiro não tem qualquer medida de comparação com a má gestão do esporte pelos “cartolas”. Sucessivos episódios, culminando com a morte (por assassinato disfarçado) de 10 jovens atletas do Flamengo e o episódio vergonhoso da decisão da Taça Guanabara, no último domingo, no Rio de Janeiro, … Continuar lendo

Na arena

O governador Helder Barbalho levou a sua família para assistir ao jogo entre o Remo e o Paissandu, ontem, no Mangueirão. Foi uma iniciativa correta para quem chefia um governo que atestou haver segurança do estádio para a sua ocupação máxima, de 35 mil pessoas. Mas, por saudável prudência de metade do público potencial, o … Continuar lendo

Mangueirão: decisão é correta?

No início do mês passado, parte do revestimento da marquise da área central da arquibancada do Mangueirão descolou e caiu sobre os assentos. Um laudo produzido pela Polícia Militar recomendou que a lotação do estádio fosse reduzida de 35 mil para até 25 mil pessoas. Outro laudo, de responsabilidade do Corpo de Bombeiros reduziu a … Continuar lendo

Outro Brasil

Dadas a sua dimensão e suas características, o acidente de Brumadinho provocou muitos e profundos impactos. Em mim, dois em particular por sua antinomia: a negligência criminosa da maior empresa privada brasileira (que foi privatizada quase 32 anos atrás, depois de um percurso de 35 anos como estatal), a segunda maior mineradora do mundo; a … Continuar lendo

Tragédia no futebol

Como a maioria dos torcedores de um clube de futebol, não sei quando me tornei Flamengo. Tão imemorial é essa origem que presumo ter nascido rubro-negro. O amor pelo time deve ter começado quando comecei a respirar fora do abrigo uterino. Apaixonado por esporte, em especial o futebol, lia e ouvia (antes da televisão) tudo … Continuar lendo

Isto é Brasil

Se Deus é brasileiro, como sustenta a tradição nacional, ele não deve estar nada satisfeito com seu povo, que se presume eleito. É o que a sucessão de tragédias no país pode sugerir. É muito espanto, dor, lamento e indignação desencadeados por acidentes – naturais ou humanos – em cascata. O Brasil tem que trabalhar … Continuar lendo

Fim e recomeço

O anjo torto que condenou o poeta Carlos Drummond de Andrade a ser gauche na vida me aplicou a mesma sentença. Tenho vivido à esquerda do poder, do aparato institucional, dos dogmas, das doutrinas, dos partidos. Sempre fui esquerdista nesse formato, mas nunca marxista, embora (ou justamente por causa desse fato) tenha lido grande parte … Continuar lendo

Jornalismo de combate

O que se pode esperar de um jornal quinzenal, em formato pequeno (equivalente à folha de papel A4), sem o uso de cores, sem fotografias (apenas poucas ilustrações a traço), escrito por uma única pessoa, com matérias analíticas e interpretativas por vezes longas, sempre crítico (principalmente ao poder público), defensor da Amazônia, que nunca aceitou … Continuar lendo

Ó Belém!

Depois de algum tempo, voltei a fazer, hoje, o meu roteiro dominical pela Cidade Velha e arredores. Partilho com meus leitores algumas das minhas observações, esperando que tenham utilidade. Não estava funcionando o comércio de CDs e equivalentes piratas. Talvez os intermediários tenham resolvido mesmo tirar o dia para o descanso regulamentar. Ou esse mercado … Continuar lendo

Destino: Europa

O fato é auspicioso, merece registro. Briosos integrantes da Polícia Militar estão escolhendo preciosos roteiros de férias na Europa, que certamente contribuirão para aprimorar seu conhecimento e cultura, revertendo na melhor prestação de serviços à sociedade. Um cabo passará 25 dias em Weert, na Holanda, onde talvez possua parentes ou amigos. Genebra (na Suíça) e … Continuar lendo