//
Arquivos

Sem categoria

Esta categoria contém 117 posts

Cadê a segurança?

A Unama anunciou que vai encerrar as atividades do seu curso de direito, que funcionava na avenida Senador Lemos, para o campus da Alcindo Cacela. O motivo: falta de segurança para os alunos, que já sofreram agressões e assaltos.  Se a instituição tomou decisão dessa envergadura, pondo fim a uma unidade de ensino exclusivamente dedicada … Continuar lendo

Belém (5)

Uma cidade para ver (e viver) (Artigo publicado em 2008) O que mais impressiona o visitante atento do Brasil é o contraste que o país exibe. Por qualquer ângulo que seja olhado, esse país enorme e diverso, com 8,5 milhões de quilômetros quadrados e 180 milhões de habitantes, deixa à mostra paradoxos brutais. Tem o … Continuar lendo

Remo, Vacaria cartolas

Como a vaca está ameaçando ir para o brejo, nada mais lógico do que o Remo contratar Vacaria. `pr falar em Remo (meu time): das cartolas do clube não saem coelhos; nelas, eles somem.

O gigante atropelado

No seu 9º dia, a greve dos caminhoneiros se tornou inaceitável, intolerável. Embora tenha começado a ser desfeita, a volta atrás é mais lenta do que seria compreensível. Alguns caminhoneiros explicaram que a desmobilização é assim mesmo: requer etapas. Além disso, muitos dos grevistas ainda se sentiriam inseguros para voltar ao trabalho. Há também os … Continuar lendo

De volta?

Virose das brabas + calor infernal + chuva maluca  3ª idade = estaleiro. É a equação do momento. Foi onde estive pelos últimos dias. Começo a voltar ao mundo ativo hoje, mas devagar e ainda quase parando de novo. A máquina, gasta, rateia. Mas o espírito, inquieto, provoca. Conforme diz Rominho no seu editorial: “A … Continuar lendo

Graça, adeus

Graça Gonçalves pediu passagem antes do tempo, não esperou por seus amigos de infância, e de sempre, como eu, e se foi embora, ontem, em Santarém, aos 68 anos, Foram-se com ela lembranças de um tempo em que formávamos uma grande família numa cidade com pouquíssimos carros (sem contar os de boi, que morcegávamos, para … Continuar lendo

Lula (2)

LULA A voz da consciência (Artigo publicado no Jornal Pessoal 292, de outubro de 2001) Na fase de cultivar amigos e influenciar pessoas, Luiz Inácio Lula da Silva fez entusiasmados elogios à “economia planejada” do regime militar. Uma de suas manifestações (um tanto cabalisticamente, na sexta-feira, 13), foi diante de um auditório integrado por altos … Continuar lendo

O curso partidário e a autonomia acadêmica

A comunidade  acadêmica, mas também toda sociedade, responsável pela manutenção das universidades públicas no Brasil, deveriam se interessar mais pelo aprofundamento do debate sobre a situação gerada pela realização de uma atividade criada para debater o “golpe de 2016”. O t´pitulo não deixava dúvidas: os formuladores dessa ideia partiam do pressuposto comum – e pétreo … Continuar lendo

Golpe de Estado (2)

Continuo a reproduzir o verbete sobre golpe de Estado do Dicionário de Política, organizado por Norberto Bobbio. O final virá no próximo texto. Espero que ajude a esclarecer a questão no mais alto nível: o impeachment de Dilma Rousseff em 2016 foi um golpe? III. MODALIDADE DE GOLPE DE ESTADO – Como se faz um … Continuar lendo

Lula e eu

Allan Araujo acaba de me fazer a seguinte pergunta pelo Facebook: “Caro Lúcio Flávio Pinto, nunca te perguntei isso, mas o faço agora? Admites que todos os processos que a família Maiorana e outros picaretas poderosos moveram contra ti, uns 15 no total…sei lá, eram Guerra Jurídica (Lawfare)? Manobravam os bastidores do conluio com juízes … Continuar lendo