//
Arquivos

Sudam

Esta categoria contém 25 posts

Memória – A Gelar derreteu

A Gelar, dos Haber, foi um dos projetos locais de melhor resultado da era Sudam. Parecia, como a Fasa, de Secundino Portela, que se estabeleceria, por sua competência, conforme o velho ditado lusitano. Mas tal não aconteceu, como na esmagadora maioria dos casos. Em 1968, a Gelar promovia o lançamento de novos sabores de sorvete … Continuar lendo

Memória – Projetos Sudam

Em maio de 1968, o Conselho Deliberativo da Sudam aprovou quinze projetos para desenvolvimento da Amazônia, sete para a indústria e um para a agropecuária. Os oito restantes estavam sendo objeto de diligências e reformulação sugeridas pelo Ibra (antecessor do atual Incra), com base em levantamento da área onde serão implantados. Entre os projetos que … Continuar lendo

A Amazônia virou sertão

A Amazônia virou sertão Há mais de meio século, a expansão da fronteira econômica na Amazônia é feita com base na doutrina de segurança nacional. As mudanças de governos durante esse período não modificaram essa diretriz. Ela prevaleceu tanto durante a ditadura militar, entre 1964 e 1985, quanto, a partir desta data, na atual democracia. … Continuar lendo

De pai para filho

Cerca de 1.700 empresas devem quase 50 bilhões de reais aos dois fundos de investimentos regionais: o Finam da Amazônia e o Finor do Nordeste. Ontem à noite, em segunda votação, a Câmara dos Deputados concluiu a votação no Senado, autorizando o governo federal a renegociar o pagamento em parcelas ou a quitação completa desse … Continuar lendo

O fim do Finam (e do Finor)?

O governo federal vai renegociar na bacia das almas as dívidas de empresas privadas para deixar de investir nos fundos de desenvolvimento da Amazônia e do Nordeste, o Finam e o Finor. A autorização para a operação ser iniciada depende agora de uma segunda votação na Câmara dos Deputados. No final da semana passada, o … Continuar lendo

Verão: uma sessão no inferno tropical

(Artigo publicado 20 anos atrás, em agosto de 2001) Há pelo menos quatro décadas o verão é marcado, na Amazônia, por uma safra de fogo e de sangue. A estiagem serve de código para o pioneiro avançar sobre a mata, abrindo novas clareiras, penetrando sobre territórios até então dominados pela floresta. Mas a constituição de … Continuar lendo

Destruição sempre

O Brasil foi um dos 113 países presentes ao primeiro encontro promovido pela ONU, em 1972, na Suécia, para discutir globalmente as relações entre o desenvolvimento humano e o meio ambiente. A ecologia era uma ciência nova, ainda em formação, mas já mostrara a destruição crescente da natureza pelo avanço transformador do seu mais agressivo … Continuar lendo

Memória – Nos intestinos da SPVEA

“Noticiário da SPVEA” era uma coluna que a Folha do Norte manteve durante certo tempo, escrita pelo “nosso companheiro credenciado junto à Superintendência do Plano de Valorização Econômica da Amazônia”, antecessora da Sudam. Uma coluna de junho de 1956 permitia ter uma ideia do funcionamento e do significado do novo órgão, criado por lei em … Continuar lendo

Memória – Latifúndios by Sudam

Em 1979, os maiores projetos agropecuários aprovados pela Sudam (Superintendência do Desenvolvimento da Amazônia) no Pará, com área em hectares: Companhia Vale do Rio Cristalino (Volkswagen) 139.892 Companhia Agropecuária do Rio Dourado (Bradesco, grupo `Peixoto Castro e frigorífico alemão Atlas) 95.000 Companhia Agropecuária do Pará (King Ranch/Swift Armour) 62.731 Companhia Agropecuária do Rio Araguaia – … Continuar lendo

A Amazônia de Brasília

A Amazônia de Brasília Assim que pôde, o governo militar, estabelecido pelo golpe de 1964, eliminou a eleição direta para os principais cargos do executivo. O presidente da república, os governadores dos Estados e as prefeituras das áreas consideradas de segurança nacional passaram a ser eleitos por um colégio eleitoral mínimo, não mais pelo povo. … Continuar lendo