//
Arquivos

Sudam

Esta categoria contém 19 posts

Destruição sempre

O Brasil foi um dos 113 países presentes ao primeiro encontro promovido pela ONU, em 1972, na Suécia, para discutir globalmente as relações entre o desenvolvimento humano e o meio ambiente. A ecologia era uma ciência nova, ainda em formação, mas já mostrara a destruição crescente da natureza pelo avanço transformador do seu mais agressivo … Continuar lendo

Memória – Nos intestinos da SPVEA

“Noticiário da SPVEA” era uma coluna que a Folha do Norte manteve durante certo tempo, escrita pelo “nosso companheiro credenciado junto à Superintendência do Plano de Valorização Econômica da Amazônia”, antecessora da Sudam. Uma coluna de junho de 1956 permitia ter uma ideia do funcionamento e do significado do novo órgão, criado por lei em … Continuar lendo

Memória – Latifúndios by Sudam

Em 1979, os maiores projetos agropecuários aprovados pela Sudam (Superintendência do Desenvolvimento da Amazônia) no Pará, com área em hectares: Companhia Vale do Rio Cristalino (Volkswagen) 139.892 Companhia Agropecuária do Rio Dourado (Bradesco, grupo `Peixoto Castro e frigorífico alemão Atlas) 95.000 Companhia Agropecuária do Pará (King Ranch/Swift Armour) 62.731 Companhia Agropecuária do Rio Araguaia – … Continuar lendo

A Amazônia de Brasília

A Amazônia de Brasília Assim que pôde, o governo militar, estabelecido pelo golpe de 1964, eliminou a eleição direta para os principais cargos do executivo. O presidente da república, os governadores dos Estados e as prefeituras das áreas consideradas de segurança nacional passaram a ser eleitos por um colégio eleitoral mínimo, não mais pelo povo. … Continuar lendo

São Félix: a marca da destruição

São Félix: a marca da destruição São Félix do Xingu, no Pará, é o sexto mais extenso município do Brasil, com 84 mil quilômetros quadrados. É o equivalente a mais de 10 vezes a área da região metropolitana de São Paulo, a mais habitada e a mais rica do país. São Félix possui o maior … Continuar lendo

Os bandidos da floresta

A Polícia Federal anunciou, ontem, ter feito “a maior apreensão de madeira nativa da história do Brasil”. Ao longo de vários dias, os agentes apreenderam 43,7 mil toras, com 131,1 mil metros cúbicos de madeira bruta, extraída de uma área de 20 mil quilômetros quadrados. Ela fica no extremo oeste do Pará, na divisa com … Continuar lendo

Carajazão: o cavalo de Troia

Há 40 anos, em 24 de novembro de 1980, o governo federal criou o Conselho Interministerial do Programa Grande Carajás. O decreto-lei 1.813, assinado pelo último presidente do regime militar, o general João Figueiredo, promovia uma intervenção branca numa área de 800 mil quilômetros quadrados (quase 10% do território brasileiro), pertencente aos Estados do Pará, … Continuar lendo

Amazônia: 80 anos antes

Em outubro de 1940, 80 anos atrás, Getúlio Vargas proferiu, em Manaus, o “Discurso do Rio Amazonas”. O presidente da república foi a uma cidade distante quase três mil quilômetros em linha reta do Rio de Janeiro, que era a capital federal, para anunciar a incorporação da Amazônia ao território nacional, sob o comando do … Continuar lendo

Volks: e o crime amazônico?

No mês passado, a Volkswagen acertou um acordo com o Ministério Público Federal em São Paulo para reparar sua conduta durante a ditadura no Brasil. Através de um Termo de Ajustamento de Conduta, a empresa se comprometeu a doar 36 milhões de reais para iniciativas na defesa de direitos humanos, investigação de crimes da época … Continuar lendo

Amazônia de peões e milionários

(Reproduzo o texto a seguir, publicado no Jornal Pessoal de abril de 2015. Para marcar os quase 33 anos do jornal e registrar neste formato questões de interesse geral e, especificamente, do jornalismo.) Opinião, sediado no Rio de Janeiro, foi, para mim, a mais importante (e a melhor) publicação da imprensa alternativa brasileira republicana. A … Continuar lendo