//
Arquivos

tráfico de drogas

Esta categoria contém 35 posts

O caso da overdose: silêncio geral

O suposto assassinato de um dos herdeiros do grupo Líder e sua contribuição para a crise interna da empresa no topo do comércio varejista do Pará estão fora do noticiário da imprensa. É inacreditável que O Liberal e o Diário do Pará (ao menos por razões jornalísticas) tenham absorvido a versão oficial de que João de … Continuar lendo

Vai haver justiça?

No dia 8 de agosto deste ano o promotor público José Rui de Almeida Barboza, em petição aberta, denunciou Jeferson Michel de Almeida Barbosa, de 34 anos, técnico em transações imobiliárias, por homicídio qualificado. Ele teria assassinado o empresário João de Deus Pinto Rodrigues, um dos herdeiros do grupo Líder, dando-lhe dose letal de uma … Continuar lendo

Tio nega assassinato: foi overdose

João de Deus Pinto Rodrigues não foi assassinado: morreu acidentalmente por overdose, porque era viciado. Quem diz isso é o seu tio, Oscar Rodrigues, o principal executivo do grupo Líder, irmão de João Rodrigues, pai do jovem, que morreu em fevereiro de 2015. A tese do assassinato é obsessão de João, diz Oscar. Ele acusa … Continuar lendo

Pai diz que confia na justiça

João Rodrigues e sua esposa, Regina, mais os filhos e netos, postaram a seguinte mensagem no seu Facebook: Com relação à prisão de Jefferson Michel Miranda Sampaio, pelo assassinato de meu filho, João de Deus pinto Rodrigues, largamente noticiada pela imprensa, gostaria de enfatizar que o meu sentimento não é de alegria. A prisão e … Continuar lendo

A imprensa e a “overdose encomendada”

O Diário do Pará anunciou que Jeferson Michel Miranda Sampaio, acusado de assassinar por encomenda o empresário João de Deus Pinto Rodrigues, ” já tinha sido detido anteriormente por envolvimento com tráfico de drogas”. Essa detenção ocorreu em abril de 2015. O jornal não esclarece que essa prisão resultou da morte de João, dois meses … Continuar lendo

O Pará nos anais criminológicos

Jeferson Michel Sampaio, de 34 anos, acusado de assassinar João de Deus Pinto Rodrigues, filho de um dos donos dos supermercados do grupo Líder, dando-lhe uma droga manipulada para causar envenenamento ou o induzindo a tomar uma overdose da substância sintética conhecida como gota (a GHB), que o matou, está preso no Centro de Triagem … Continuar lendo

A morte obscura do empresário

Para ajudar a contextualizar o caso da morte de João de Deus Rodrigues, reproduzo texto que publiquei neste blog em 21 de novembro de 2015. As mudanças ocorridas desde então e a revisão das informações ajudam a entender melhor a conclusão da representante do Ministério Público do Estado. Fiz alguns pequenos ajustes no texto para … Continuar lendo

Um crime sem igual no mundo

O Pará pode ter se tornado o primeiro lugar do mundo a abrigar um crime de encomenda com o uso de droga. É a conclusão a que se chega da denúncia feita ontem pela promotora Rosana Cordovil, do Ministério Público do Estado. Ela se juntou à investigação policial e fez a sua própria averiguação, algo … Continuar lendo

A droga na alta sociedade

Em 32 anos como promotora no Ministério Público do Estado do Pará, Rosana Cordovil fez denúncias de todos os tipos. A que anunciou ontem é inédita, talvez até no mundo. Ela acusa o advogado Jeferson Michel Miranda Sampaio de ser traficante e de ter assassinado o empresário João de Deus Pinto Rodrigues, quase dois anos … Continuar lendo

O tamanho da droga

Em abril, a Polícia Federal apreendeu 38 toneladas de maconha e mais de 160 quilos de cocaína no Paraná e em Mato Grosso do Sul, na região de fronteira com o Paraguai. Foram presas 29 pessoas, incluindo políticos e policiais envolvidos no esquema. ~   Um único carregamento levava 24 toneladas de maconha, a maior … Continuar lendo