//
Arquivos

Violência

Esta categoria contém 599 posts

O “suicídio”

João Augusto Figueiredo de Oliveira Júnior diz que teve uma ”pequena discussão” com a esposa, Mônica Maria Andrade Figueiredo de Oliveira, no seu apartamento, em Belém, na segunda-feira à noite. Apesar de ser pequena a discussão, Mônica arrumou a sua bagagem e decidiu voltar para sua residência, no município de Martins, no Rio Grande do Norte. … Continuar lendo

Os jornais que sangram

(Texto de 2008) A escandalosa cobertura dada aos crimes pelos dois maiores grupos de comunicação do Pará provocou, finalmente, uma reação. A partir da ação proposta pelo Estado contra os abusos do noticiário, é possível que se estabeleça um padrão mais aceitável. A inércia anterior era o pior. Mas ainda falta muito para se chegar … Continuar lendo

Jornal da polícia

Fotos de sete cadáveres ilustram a edição de hoje do caderno de polícia do Diário do Pará. Fotos bem abertas – e aberrantes. Nada de novo: desde que foi criado, o tabloide sangrento faz sensacionalismo com as imagens de pessoas (pobres ou qualificadas previamente – sem o direito de defesa e esclarecimento – de bandidos) … Continuar lendo

Nós, humanos?

Aprendi a conviver com a desilusão e a sensação ora de inutilidade ora de impotência. Esses sentimentos fazem parte da opção que fiz pelo tipo de jornalismo que pratico. Mas quando a repercussão contrasta tão desproporcionalmente com a gravidade da questão suscitada, encerro a atividade do dia com tristeza e desânimo. Como neste caso, que … Continuar lendo

Guerra ao garimpo ilegal

Estive pessoalmente em vários garimpos espalhados pela Amazônia. Várias vezes no maior e mais famoso deles, o de Serra Pelada, incluindo seus satélites na província mineral de Carajás. Nada parecido aos que se instalaram ilegalmente nas áreas yanonami, em Roraima. A brutalidade característica desse tipo de trabalho alcançou as profundezas da maldade. O estupro e … Continuar lendo

Guerra aos yanomami

Menina Yanomami de 12 anos é assassinada depois de ser estuprada por garimpeiros Por Fabrício Araújo / Amazônia Real Uma menina de 12 anos estuprada até a morte e uma criança perdida [desaparecida] após ser jogada em um rio. Este é o resultado de um ataque feito por garimpeiros contra a comunidade Aracaçá, que fica na … Continuar lendo

A lei da bala

O Pará tem 50 clubes de tiro. É o 17º do Brasil na proporção clube/população (índice de 5,7 por milhão de habitantes), segundo levantamento publicado pelo portal Brasil 360. Há 1.941 clubes de tiro em todo país. O líder do ranking é o Estado de Santa Catarina, com o índice cinco vezes maior do que … Continuar lendo

Uma semana do assassinato da criança

Hoje, completa a primeira semana da localização do corpo de Júlio Henrique Miranda da Silva, de 5 anos, assassinado um dia antes por três menores (de 9, 11 e 13 anos), na Vila Capistrano de Abreu, a 130 quilômetros de Marabá. A criança morreu afogada nas águas de uma represa. Seu corpo tinha sinais de … Continuar lendo

Memória – Crimes em série

Em março de 1993, o delegado Manoel Menezes deu por concluídas as investigações sobre o assassinato do japonês Ryuzuke Teshima, cujo corpo foi encontrado enterrado em cova rasa, em Outeiro, às proximidades de Belém, capital do Pará, no dia 21 de agosto de 1987. No relatório que encaminhou ao Ministério Público, o delegado apontou como … Continuar lendo

Julgamento na OEA no 2º dia

Reproduzo o texto que Rogério Henrique de Almeida publicou ontem no seu blog. _________________________ O advogado e professor Rafael Pimenta, durante o julgamento contra o Estado Brasileiro na OEA.  Quando do julgamento do caso do advogado Gabriel Pimenta, na manhã de hoje, na Organização dos Estados Americanos (OEA), após 40 anos da sua execução na … Continuar lendo