//
Arquivos

Violência

Esta categoria contém 461 posts

Pará: o mais violento

Entre 2012 e 2018, o Instituto Igarapé documentou 2.540 atos violentos na Amazônia Legal. Foram 406 assassinatos, 378 tentativas de assassinatos, 33 agressões físicas, 339 suicídios, 1.303 ameaças de morte, e 81 casos de violência sexual, segundo artigo de Robert Muggah é cofundador e diretor do instituto, e Júlia Lins Franciotti, pesquisadora voluntária, publicado na … Continuar lendo

SOS de jornalista

Confesso que fui surpreendido pela troca de mensagens entre os jornalistas Eliane Brum, que assina artigos no jornal espanhol El País, e Ricardo Kotscho, meu amigo, com quem trabalhei em O Estado de S. Paulo, hoje à frente de um blog, depois de ter trabalhado na assessoria de Lula em seu primeiro mandato como presidente … Continuar lendo

Homicidas

Os seis policiais militares que provocaram nove mortes ao investir violentamente contra os participantes de um baile funk em Paraisópolis, a maior favela de São Paulo, vão ser investigados como homicidas. Foi o que o ministério público paulista anunciou ontem – e é o certo. As imagens feitas por moradores mostram uma variada tipologia de … Continuar lendo

Pretextos para a violência

A a mando do governador do Estado A mando do governador do Estado, a Polícia Militar de São Paulo iniciou a apuração “rigorosa” da responsabilidade dos seis militares que deram origem à tragédia de Paraisópolis, com nove mortos . A corregedoria da corporação começou as investigações aceitando a versão dos policiais, de que atacaram a … Continuar lendo

Alter do Chão: polícia por trás

O prefeito Nélio Aguiar (do DEM) disse a governador Helder Barbalho (do MDB) que o incêndio que ardeu em Alter do Chão seria parte de ação de loteamento. Invasores da região contariam com o apoio de policiais. Em áudio divulgado pela agência Repórter Brasil, em matéria de Maurício Angelo, o prefeito diz que “tem policial … Continuar lendo

Violência

Ao ver as imagens do conflito ocorrido na saída de um baile funk em Paraisópolis, a maior favela de São Paulo, na madrugada de hoje, me veio automaticamente à lembrança o que aconteceu no massacre de Eldorado do Carajás, mais de 23 anos atrás, que resultou na morte de 19 integrantes do MST. Em ambos … Continuar lendo

O labirinto Marielle

Já se sabe com certeza quem matou e como foi morta a vereadora Marielle Franco e o seu motorista, Anderson Gomes. Mas está ficando cada vez mais difícil saber qual o motivo verdadeiro e quem encomendou o assassinato, 20 meses depois que ele aconteceu Quando parece que uma pista definitiva foi encontrada, o caminho é … Continuar lendo

Um parlamento esvaziado

Em junho de 1987, o advogado Paulo Fonteles de Lima foi assassinado. O crime teve grande repercussão porque Fonteles fora deputado estadual até três meses antes. Ele foi o primeiro advogado de posseiros numa das mais conturbadas regiões do Brasil, no sul do Pará, cuja violência derivava, em grande medida, dos conflitos pela posse da … Continuar lendo

JP (15) – Bandidos importados e os bacanas

(Publicado no Jornal Pessoal 237, de junho de 2000) O assalto misterioso: fracasso ou exemplo? O delegado geral da polícia civil do Pará, João Moraes, prometeu que em 72 horas esclareceria o assalto praticado no dia 8 contra o Atalanta, um dos prédios residenciais mais luxuosos de Belém. Em menos da metade desse prazo, cinco … Continuar lendo

Violência total

Os criminosos comuns não respeitam mais nem os quartéis. Como acontece com as casas e estabelecimentos comerciais dos cidadãos comuns, as instalações militares estão sendo cada vez mais cercadas por altos muros e seus apetrechos de segurança. Todos têm que se resguardar dos ataques dos bandidos. A Marinha teve, na madrugada de ontem, que aceitar … Continuar lendo