//
Arquivos

Colonização

Esta categoria contém 88 posts

UFPA fica com Soledade

Proprietária do imóvel desde 2014, a Universidade Federal do Pará ainda não conseguiu iniciar a restauração da capela Pombo, no centro comercial antigo do Pará. Mas agora poderá realizar obra de muito maior envergadura: a restauração de bens da arquitetura mortuária do Cemitério de Nossa Senhora da Soledade. A secretaria de Cultura do Estado dispensou … Continuar lendo

Romeu e Julieta na selva

Em 1976 pude testemunhar, em Rondônia, uma reedição da tragédia de Romeu e Julieta em versão real no interior da floresta amazônica (ainda razoavelmente preservada na época). Perdi o caderno de anotações. Há um bom tempo venho tentando reconstituir as informações. Hoje, localizei uma das matérias, não a mais importante (que foi uma reportagem de … Continuar lendo

Abaixo a Amazônia (I)legal

Se algum dia houve sentido em incluir o Centro-Oeste na Amazônia, esse motivo deixou de existir. Cada vez mais os Estados amazônicos limítrofes de Mato Grosso e Tocantins (sem incluir o Maranhão, que é Meio-Norte e Meio-Nordeste) se parecem ao Centro-Oeste, o que significa a sua descaracterização como região realmente amazônica. Por diversos critérios geográficos … Continuar lendo

O bicho comeu

O maior desafio intelectual é perceber as descontinuidades, inovações e rupturas no desenrolar da história. Às vezes essas quebras acontecem rapidamente. Outras vezes seguem um ritmo mais lento. Com frequência, elas só são percebidas posteriormente, pelo trabalho dos intelectuais de ofício, que usam o cérebro como ferramenta, são pagos para isso e comem pelo menos … Continuar lendo

Memória – Terras do Estado

Em janeiro de 1961, o governador em exercício do Estado, Dionísio Bentes de Carvalho, do PSD, assinou decreto reservando áreas às margens da Belém-Brasília “para estudo e planejamento da Secretaria de Obras, Terras e Águas e organização do Plano Piloto”. A reserva abrangia uma faixa de terras com seis quilômetros de profundidade de cada lado … Continuar lendo

O fim das terras públicas

O assalto às terras da Amazônia é uma característica histórica da expansão das frentes econômicas sobre a maior floresta tropical do planeta. Essa ofensiva recrudesceu nos últimos anos, principalmente no governo Bolsonaro. Acontecimentos que já deveriam ter sido extintos, ou pelo menos reduzidos a uma ocorrência bem marginal, agora se intensificam. A grilagem, a invasão … Continuar lendo

A Amazônia virou sertão

A Amazônia virou sertão Há mais de meio século, a expansão da fronteira econômica na Amazônia é feita com base na doutrina de segurança nacional. As mudanças de governos durante esse período não modificaram essa diretriz. Ela prevaleceu tanto durante a ditadura militar, entre 1964 e 1985, quanto, a partir desta data, na atual democracia. … Continuar lendo

Verão: uma sessão no inferno tropical

(Artigo publicado 20 anos atrás, em agosto de 2001) Há pelo menos quatro décadas o verão é marcado, na Amazônia, por uma safra de fogo e de sangue. A estiagem serve de código para o pioneiro avançar sobre a mata, abrindo novas clareiras, penetrando sobre territórios até então dominados pela floresta. Mas a constituição de … Continuar lendo

Amazônia é sertão

Minha família é um universo microscópico da história da Amazônia, integrada por migrantes e nativos. Meu avô materno era um português que foi ser guarda-livro (o atual contador) num seringal em Boca do Acre, onde o rio Acre se encontra com o Purus. Apesar do nome, o município fica no Estado do Amazonas, embora Manaus … Continuar lendo

Memória – A expropriação federal do Pará

Em maio de 1978, o Incra e o Iterpa assinaram, na sede do Conselho de Segurança Nacional, em Brasília, um protocolo para permitir ao Estado do Pará concluir a titulação em áreas abrangidas pelo decreto-lei 1164, de 1971, que federalizou as terras estaduais situadas ao longo de estradas construídas, em construção ou simplesmente projetadas pela … Continuar lendo