//
Arquivos

Colonização

Esta categoria contém 55 posts

Catástrofe amazônica

Artigo do grande escritor amazonense Milton Hatoum, publicado ontem pelo jornal O Estado de S. Paulo. AMAZÔNIA: UMA CATÁSTROFE QUE SE APROXIMA No século passado, as tentativas de “ocupar” e “desenvolver” a Amazônia foram, além de fracassadas, extremamente danosas ao meio ambiente e aos indígenas, ribeirinhos, quilombolas, pescadores. Alguns exemplos conhecidos: Fordlândia, no Vale do … Continuar lendo

O futuro da região e do jornalismo

A jornalista Eliana Lucena, com que trabalhei em O Estado de S. Paulo, reproduziu em seu Facebook a entrevista que Cristina Serra fez comigo, publicada no site Amazônia Real (e a íntegra, no Jornal Pessoal). Suponho não atravessar o limite da vaidade do orgulho em reproduzir a entrevista, o comentário de Eliana (baseada em Brasília) … Continuar lendo

O fim – ao fim

Em outubro, foi registrada a menor quantidade de queimadas para esse mês desde o início da série histórica, em 1998. O satélite monitorado pelo Inpe (Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais) detectou 7.855 focos de fogo na região. Foi uma redução de 26,2% em relação ao mesmo período do ano passado. Até então, o outubro com … Continuar lendo

O manifesto e eu

Na sua última edição, o jornal Brasil de Fato publicou a seguinte matéria: ­­­­­­­­­­­­­­­­­­­­­­______________________________________ Artistas e intelectuais da Amazônia lançaram, nesta semana, uma carta aberta contra a exploração desenfreada da floresta e as ameaças cada vez mais constantes que assolam o território. Eles condenam a colonização portuguesa, período que classificam como o início da visão … Continuar lendo

Um plano no papel

O governador Helder Barbalho instituiu um grupo de trabalho encarregado de sugerir normas procedimentais “voltadas à realização de consultas prévias, livres e resultará o Plano Estadual de Consultas Prévias, Livres e Informadas, observando os termos de uma convenção da Organização Internacional do Trabalho, a OIT. A iniciativa materializa o dever que tem o Estado de … Continuar lendo

Aqui jaz

Decidi dar destaque a esta carta que George Hamilton Maranhão Alves me mandou, acrescentando-lhe a minha resposta. Este debate precisa ser colocado na pauta de quem se preocupa de verdade pelo Pará e a Amazônia. Urgentemente, apesar do silêncio das capitais amazônicas a respeito – e da criminosa omissão dos intelectuais. A mensagem do leitor: … Continuar lendo

JP (10)- Cartas

(Publicado no Jornal Pessoal 235, de junho de 2000) Floresta Senhor Lúcio Flávio Sempre leio as duas publicações de sua autoria, o Jornal Pessoal e a Questão [Agenda] Amazônica. Admiro seu trabalho, que se caracteriza pela imparcialidade e o compromisso com a verdade, levantando questões das mais relevantes para o nosso Estado. Infelizmente, no último … Continuar lendo

Velho e novo colonialismo

Dizer que o pernambucano José de Moura Cavalcanti era o presidente do Incra (Instituto Nacional de Colonização e Reforma Agrária) era dizer pouco. Mas em 1971 ele se tornou o gestor do maior latifúndio do mundo. Por um ato de força, na forma de decreto-lei (o poderoso executivo usurpando função do legislativo amordaçado), o general … Continuar lendo

JP (4) Só retórica

(Publicado no Jornal Pessoal 235, de maio de 2000) A Amazônia não é prioridade nacional. Esta verdade contraria a retórica dos discursos e das mensagens publicitárias. Mas ficou mais uma vez evidenciada  pela polêmica desencadeada em torno da reforma do Código Florestal. O eixo do combate, travado (para efeito de simplificação) entre “preservacionistas” e “desenvolvimentistas”, … Continuar lendo

Quem sabe da Amazônia?

O ciclo da borracha, chamado de “belle époque”, porque a Amazônia era a única fornecedora mundial do produto e foi a segunda maior exportadora do Brasil, durou menos de 50 anos, entre 1870 e 1912. Até hoje, esse período é considerado o mais importante da história da região, a ponto de merecer citações nos compêndios … Continuar lendo