//
Arquivos

Transporte

Esta categoria contém 71 posts

O sumidouro de minério

Quando a Companhia Vale do Rio Doce foi privatizada, em 1997, a ferrovia de Carajás transportava 35 milhões de toneladas de minério de ferro desde a mina, na região central do Pará, 500 quilômetros a sudoeste de Belém, até o porto da Ponta da Madeira, na ilha de São Luís, no Maranhão, por 897 quilômetros. … Continuar lendo

Carajás: em Marte

Não é pouco o dinheiro que a mineradora Vale deverá gastar para conseguir a prorrogação, por mais 30 anos, dos contratos de 50 anos das duas ferrovias que opera, a Carajás e a Vitória-Minas. O governo federal pretende aplicar esse recurso na construção de duas novas ferrovias pela própria Vale: um trecho da Ferrovia de … Continuar lendo

Mais ferro saindo

A Vale quer aumentar em mais 10 milhões de toneladas a capacidade da ferrovia de Carajás. Ao invés das atuais 230 milhões de toneladas, irá para 240 milhões. O projeto, aprovado pela Secretaria de Fomento, Planejamento e Parcerias do Ministério da Infraestrutura, foi publicado no Diário Oficial da União de hoje. A Estrada de Ferro … Continuar lendo

O terminal da Montanha

O Terminal de Grãos da Ponta da Montanha, em Barcarena, embarcou no ano passado 2,3 milhões de toneladas em 72 navios, tornando-se um dos mais importantes portos de grãos do país. Recebeu 4,15 milhões de toneladas, descarregadas por 25 mil caminhões. Seu faturamento líquido foi de 97 milhões de reais. Em 2019 transformou prejuízo líquido … Continuar lendo

Carajás: questionada ferrovia

 O jornal Valor Econômico publicou hoje que o Tribunal de Contas da União poderá se manifestar contra a antecipação da renovação do contrato de concessão da Estrada de Ferro Carajás, explorada pela Vale. Relatório de auditores do órgão aponta falhas nos estudos apresentados ao tribunal. A reportagem se baseia em um relatório no qual auditores … Continuar lendo

Helder parou o trem de Carajás!

O governador Helder Barbalho anunciou, ontem, no seu perfil no Twitter: “Acabamos de proibir a entrada de um trem com passageiros da empresa Vale no Pará! Ele ficará retido na cidade de Açailândia, no estado do Maranhão”. O acento de exclamação ao final da primeira frase parece indicar que o governador praticou um ato de … Continuar lendo

Mato Grosso. E o Pará?

O volume de cargas transportadas pela BR-163 de Mato Grosso ao Pará deverá aumentar 30% neste ano, passando de 10 milhões para 13 milhões de toneladas. É o efeito da conclusão da pavimentação da Santarém-Cuiabá, com o asfaltamento dos 51 quilômetros que faltavam para a ligação com Miritituba, no ano passado. Segundo produtores e autoridades … Continuar lendo

Ferrovia paraense

A Secretaria de Desenvolvimento Econômico, Mineração e Energia contratou a empresa Terra, para elaborar Estudos de Impacto Ambiental e Relatório de Impacto Ambiental (EIA/Rima) para o projeto da Ferrovia Paraense (Fepasa). O serviço inclui a licença prévia, outorga preventiva ou dispensa de outorga, autorização de inventário de flora e fauna silvestre e seu diligenciamento até … Continuar lendo

Sofre, povo!

Um dos assuntos mais importantes de ontem foi a introdução de um novo cartão para os usuários dos ônibus associados ao Setransbel, o sindicato das empresas de transporte coletivo da região metropolitana da capital. Hoje continuou a confusão da véspera na estação de Maracacuera, onde é feita a conexão do BRT que vem de Belém … Continuar lendo

Propaganda sobre rodas

O Setrans-Bel, o poderoso sindicato dos donos de ônibus, anuncia que novos veículos chegaram a Belém em novembro “e já estão circulando pela cidade”. No anúncio, não dá a quantidade. Garante o mesmo anúncio, publicado hoje no Diário do Pará (não em O Liberal – ainda), que o investimento na renovação da frota “já ultrapassa … Continuar lendo