//
Arquivos

Estrangeiros

Esta categoria contém 108 posts

Carta de Pequim

No final do mês passado, o “Coletivo Esquerda Brasileira na China” divulgou uma Carta de Pequim. Não foi sem tempo. Os integrantes do grupo tomaram, na China, iniciativa que a esquerda brasileira deixou de adotar, o que seria de grande significado prático e teórico. O atraso – evidente e lamentável – permitiu que o presidente … Continuar lendo

Vanzolini: fala o bwana paulista

(Publicado no Jornal Pessoal 251, de janeiro de 2001) Paulo Emílio Vanzolini merece respeito não apenas pelos seus 76 anos. Também por ser um dos mais importantes zoólogos do Brasil, além de compositor de música popular e poeta. E por quase meio século de interesse, dedicação e produção científicas, sobretudo na Amazônia. Tem que ser … Continuar lendo

Amazônia será prioridade

A Amazônia deverá ser prioridade no governo de Jair Bolsonaro, a partir de 1º de janeiro do próximo ano. Ao menos se depender da iniciativa do general (da reserva do Exército) Augusto Heleno Ribeiro Pereira, de 71 anos, que deverá ser o ministro da Defesa. Para ele, que foi comandante militar da região entre 2007 … Continuar lendo

A questão chinesa

“A China não está comprando no Brasil, ela está comprando o Brasil”, alertou Jair Bolsonaro na semana passada. “Você vai deixar o Brasil na mão do chinês?”, provocou ele, mexendo num vespeiro mantido até então sob aparente harmonia. Enfrentou um tema que a esquerda e sues aliados populistas evitaram tratar, apostando, talvez, numa acomodação natural. … Continuar lendo

O embaixador americano fala. Em nome de quem?

(Publicado no Jornal Pessoal 246, de novembro de 2000) O intervencionismo americano é um fato. Sem ele, o cidadão médio dos Estados Unidos não teria nas prateleiras dos seus supermercados produtos do mundo inteiro a preços acessíveis, frequentemente inferiores aos dos mercados de origem. A expansão desse intervencionismo no continente latino-americano é outro fato, derivado … Continuar lendo

Alunorte: o vácuo

Trago para a capa do blog o comentário, reproduzido a seguir, feito pelo leitor José Miranda, sobre a crise da Alunorte, que suspendeu sem funcionamento alegando que não pode continuar sob o embargo às suas atividades determinada pela justiça, a partir de pedido dos ministérios públicos estadual e federal. As informações fornecidas ajudam a contextualizar … Continuar lendo

Alunorte: o impasse

O Ministério Público Federal e o Ministério Público do Pará divulgaram, hoje, uma nota (reproduzida na íntegra a seguir), a propósito da suspensão do funcionamento da Alunorte e da mina de bauxita de Paragominas. Defendem a justeza da punição da Hydro pela poluição causada em fevereiro, sustentando que ela resultou do despejo clandestino de efluentes … Continuar lendo

O que fazer?

O projeto original da Alunorte (de alumina) foi concebido originalmente em 1976, casado com o da Albrás (de alumínio), ambos a serem conduzidos por um consórcio empresarial nipo-brasileiro, com endosso dos governos dos dois países, através de acordo assinado em Tóquio pelo general-presidente Ernesto Geisel, com toda pompa e circunstância. A iniciativa binacional foi adotada … Continuar lendo

Quem blefa?

O acidente de fevereiro em Barcarena aconteceu de fato. Cursos d’água em torno da fábrica de alumina (e de alumínio também) foram contaminados por alguns produtos químicos. A Hydro Alunorte teve que recorrer a uma drenagem abandonada – e que não era monitorada – para escoar água excessiva da chuva que caiu no dia 17. … Continuar lendo

Alunorte parou hoje

A Hydro Alunorte paralisou completamente a sua fábrica de alumina em Barcarena, a maior do mundo. Em consequência, a mina de bauxita de Paragominas, que lhe fornece o minério para a transformação em alumina, também parou. A empresa alega que foi obrigada a adotar essa atitude porque as autoridades públicas não lhe permitiram utilizar o … Continuar lendo