//
Arquivos

Cultura

Esta categoria contém 510 posts

Mais R$ 168 mil de cachê estatal

Mais a bagatela de 168 mil reais em apenas dois contratos, com inexigibilidade de licitação, através dos quais a Fundação (anti)Cultural do Estado paga cachês artísticos superdimensionados, graças à gazua das emendas parlamentares (de parlamentares não identificados pelo órgão, mero repassador de dinheiro público). * R$ 108 mil de cachê para os artistas/representantes Juninho Farra, … Continuar lendo

Cultura oficial

A prefeitura de Santarém vai receber 260 mil reais da Secretaria de Cultura do Estado para realizar o Festival de Cinema de Alter do Chão, entre os dias 21 e 27 , através de convênio. Não há contrapartida do município. Sequer um sumário termo de referência para se avaliar o merecimento da iniciativa. Nem um … Continuar lendo

JP (12) – FHC

(Publicado no Jornal Pessoal 237, de junho de 2000) O presidente e o sociólogo, o médico e o monstro O ser humano não é unidimensional (só coagido pode caber numa sociedade unidimensional, como mostrou Herbert Marcuse). Sua complexidade chega aos extremos do mistério. Certos enigmas humanos não conseguimos decifrar mesmo se nele aplicamos todo o … Continuar lendo

JP (11) – A pequenez da academia

(Publicado no Jornal Pessoal 237, de junho de 2000) O tamanho da academia na visão dos liliputeanos O economista José Marcelino Monteiro da Costa foi um dos fundadores do Núcleo de Altos Estudos Amazônicos da Universidade Federal do Pará, em 1973. Alguns anos depois, ainda como primeiro coordenador do NAEA (cargo que exerceu por quase … Continuar lendo

O grande Zé Pinto

O grande fotógrafo paraense José Pinto, que morreu no dia 9, em São Paulo, aos 89 anos, não mereceu sequer um registro na imprensa da sua terra. Para reparar o desatino, alguém deveria se interessar pela publicação do livro Amazônia Gente, que Zé preparou a partir de fotos da Amazônia que fez ao longo de … Continuar lendo

Emmanuel

O historiador Jorge Caldeira escreveu um longo artigo, publicado pela Folha de S. Paulo, hoje. Espero comentar o texto, a meu ver mais pretensioso do que correto. Por enquanto, limito-me a informar que uma das ilustrações que Caldeira utilizou foi a tela Céu do Brasil (de 1988), do nosso Emmanuel Nassar.

JP (8) – História paraense

(Publicado no Jornal Pessoal 236, de junho de 2000) História Um povo que não cultiva a memória fica desmemoriado. A desmemória o incompatibiliza com a realização da sua história. Por isso, é de lamentar o silêncio da grande imprensa paraense sobre a morte, há duas semanas, do advogado Achilles Lima. Ele foi um ativo personagem … Continuar lendo

JP (8) – Casanova

(Publicado o Jornal Pessoal 236, de junho de 2000) Memória Entre os 21 livros de uma “biblioteca ideal”, que arrolou a pedido da Livraria Cultura, de São Paulo, listagem republicada por Elias Pinto na sua coluna semanal no Diário do Pará de domingo passado, o filósofo Renato Janine Ribeiro inclui as memórias de Giácomo Casanova. … Continuar lendo

Zé, o fotógrafo

José Pinto integrava uma das famílias que mais teve repórteres fotográficos (ou fotojornalista, na nomenclatura de hoje),. Era irmão de Pedro e Luiz Pinto, todos paraenses, que começaram a carreira em Belém. Pedro foi o único a permanecer na capital paraense, sempre em O Liberal,, enquanto os irmãos se aventuravam no mercado nacional e se … Continuar lendo

Grandes artistas

Quem conhece Jorginho Gomes, Kleber Tayrone, Diego do Cavaco e Jade Lima? Devem ser bons artistas, Receberam da Fundação Cultural do Estado 52 mil reais de cachê artístico por duas apresentações no evento Estação Musical, realizado no mês passado na Estação das Docas – e sem precisar se submeter a licitação ou chamamento público, graças … Continuar lendo